Panacéia: Viagra pode beneficiar algumas mulheres

A maioria das pesquisas mostra que o Viagra, embora eficiente em tratar a disfunção erétil em homens, não ajuda mulheres com problemas sexuais. Mas um novo estudo sugere que o remédio pode ajudar certas mulheres ¿ aquelas que sofrem dos efeitos colaterais sexuais de antidepressivos ¿ a atingir um orgasmo.

The New York Times |

A Pfizer, fabricante do Viagra, financiou o estudo, que aparece na edição atual do The Journal of the American Medical Association. Os pesquisadores compararam os efeitos do Viagra com um placebo em um estudo de oito semanas com 98 mulheres que relataram pelo menos um mês de disfunção sexual por tomar antidepressivos. Descobriram que 72% das mulheres que tomaram Viagra reportaram melhora sexual geral em um questionário que leva em conta as preliminares, o durante e o orgasmo; 27% das que tomaram o placebo relataram tais ganhos.

Durante o estudo, mulheres tomando Viagra sofreram dores de cabeça e indigestão em taxas maiores do que as que tomaram o placebo.

A idade media das mulheres no estudo era de 37 anos, e nenhuma havia entrado na menopausa. Os níveis endócrinos iniciais não diferiram significativamente entre os grupos, e as mulheres concordaram em tentar fazer sexo pelo menos uma vez por semana. Estudos anteriores, incluindo os financiados pela Pfizer, não haviam mostrado efeitos do Viagra em mulheres.

Leia mais sobre orgasmo

    Leia tudo sobre: orgasmo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG