Olmert diz que fez Rice mudar de voto

WASHINGTON ¿ Em uma comum repreensão pública, o primeiro-ministro de Israel Ehud Olmert disse, nesta segunda-feira, 12, que a secretária de Estado dos EUA, Condoleezza Rice, foi forçada a abster-se da resolução da ONU em Gaza, que ela mesma ajudou a delinear, depois que Olmert deu um telefonema para o presidente George W. Bush.

The New York Times |

Eu disse, Chame o presidente Bush no telefone, disse Olmert em um discurso na cidade de Ashkelon no sul de Israel, de acordo com a Associated Press (AP). Eles disseram que ele estava no meio de um discurso na Filadélfia. Eu disse que não me importava: Preciso falar com ele agora, continuou Olmert. Ele desceu do palanque e falou comigo.

Israel se opôs à resolução, que pedia pela interrupção do combate em Gaza, porque o governo disse que não forneceria segurança à Israel. Foram 14 votos contra zero, com a abstenção dos EUA.

Olmert afirmou que assim que ele explicou sua situação à Bush, o presidente chamou Rice e mandou a secretária se abster no voto. Ela ficou numa situação bem embaraçosa, disse Olmert, de acordo com a AP.

O Departamento de Estado disputa pela estima de Olmert. A recomendação para ela era a abstenção; essa foi sua recomendação desde o começo, disse um oficial, falando sob a condição de anonimato devido à natureza delicada do assunto.

Pretexto

Depois do voto, Rice disse que os Estados Unidos apoia inteiramente a resolução, que pede por um imediato, durável e completamente respeitoso cessar-fogo levando à completa retirada das forças de Israel em Gaza, mas optou pela abstenção para ver o resultado da iniciativa de paz do Egito e da França.

Rice não respondeu às observações de Olmert, que foram incomuns mesmo no contexto da relação instável da secretária com o primeiro-ministro, de acordo com o oficial.

Em particular, Olmert disse que Rice algumas vezes tem que ser controlada para não passar por cima do presidente na política. Eles tem uma boa relação, mas têm tido alguns altos e baixos, disse o oficial do Departamento de Estado.


Por MARK LANDLER

Leia mais sobre Israel

    Leia tudo sobre: israel

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG