Obama participa de campanha social antes da posse

Sempre que faz algo como presidente eleito que poderia ser percebido como presidencial, Barack Obama diz que Nós temos apenas um presidente por vez. Mas em breve ele fará, antes de sua posse, algo que há muito tempo pertence aos presidentes deste país: campanhas de serviço público.

The New York Times |

Acordo Ortográfico

Em uma campanha publicitária, Obama promoverá a ideia de adultos se tornarem mentores para crianças. Um vídeo também poderá ser disponibilizado online. Produzida em nome da ServiceNation.org , a campanha chegará a tempo do Mês Nacional dos Mentores, que é observado em janeiro desde 2002.

A propaganda impressa mostra uma fotografia de Obama sobre os dizeres: "Seja a mudança. Seja o mentor de uma criança". Também há trechos de um discurso feito por Obama no Colorado em julho, em que ele diz: "nós precisamos do seu serviço, agora, neste momento (o nosso momento) da história".

NYT
Obama aparece em campanha social
A aparição de Obama na campanha é mais um sinal de sua presença altamente visível desde que foi eleito 44º presidente no dia quatro de novembro, com um perfil público mais proeminente do que é comum entre os presidentes dos Estados Unidos.

A campanha será veiculada em um momento em que imagens de Obama continuam a aparecer em moedas e placas comemorativas, capas de revistas, livros e DVDs, camisetas e pôsteres reproduzindo a primeira página de jornais que anunciaram a sua eleição.

Há até mesmo bonecos de Obama, enfeites de Natal, sabores de café e mouse pads (uma indústria tão variada que foi apelidada de Obamabilia).

Ainda assim, Obama não é o primeiro presidente-eleito a aparecer em campanhas sociais. Em dezembro de 1992, Bill Clinton filmou um comercial que encorajava os consumidores de álcool a saírem apenas acompanhados de um motorista sóbrio, que foi veiculada nas emissoras do país entre o Natal e o Ano Novo daquele ano.

O precedente não é uma coincidência, afinal a mesma pessoa ajudou a convocar ambos os presidentes eleitos para as campanhas: o Dr. Jay A. Winsten do Centro de Comunicação para a Saúde da Escola de Saúde Pública de Harvard.

A ideia é que encorajar um adulto a ser o mentor de uma criança é uma "prática de saúde pública", disse Winsten, bem como a "prevenção do abuso de substâncias".

A decisão de usar a imagem de Obama na campanha, segundo Winsten, aconteceu por causa da frequência com que ele falou sobre os serviços públicos durante sua campanha presidencial.

"Eu acredito que o momento do serviço voluntário chegou", disse Winsten.

Por STUART ELLIOTT

Leia mais sobre Obama

    Leia tudo sobre: obama

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG