Obama faz fortuna como escritor e consegue novo acordo

WASHINGTON - O poder da pena do presidente Barack Obama vale US$ 8,605,429, por enquanto. Há quatro anos, Obama ficou milionário através da popularidade de sua autobiografia, que foi rapidamente seguida por um segundo livro, The Audacity of Hope (A Audácia da Esperança, editora Larousse do Brasil).

The New York Times |

Este dom continua a lucrar US$ 3,89 em direitos autorais a Obama para cada livro de capa dura, US$ 1,03 pelos de capa mole e US$ 4,50 por livros narrados.

Em uma semana na qual Obama criticou os executivos por criarem uma cultura de enormes salários e bônus, um documento de prestação de contas apresentado na terça-feira mostrou que ele assinou um novo acordo de US$ 500 mil para escrever um livro cinco dias antes de tomar posse.

Reprodução
"A Origem dos Meus Sonhos",
na versão brasileira
Os assistentes de Obama disseram que ele receberá US$ 250 mil deste valor pela adaptação de sua autobiografia "Dreams From My Father" ("A Origem dos Meus Sonhos", editora Gente) para jovens leitores. Os outros US$ 250 mil irão para a editora do acordo, reportou o jornal The Washington Times na quinta-feira.

O acordo de publicação não foi anunciado pela Casa Branca mas foi declarado em um formulário de prestação de contas rotineiro ao Gabinete de Registros Públicos do Senado. Esta é a última indicação de como Obama lucrou com seus livros conforme sua aura de celebridade aumentou.

Quando Obama escreveu "Dreams From My Father", que foi lançado em 1995, ele não vendeu o suficiente para pagar o adiantamento de US$ 30.817. Mas quando o livro foi relançando depois de seu discurso na Convenção Nacional Democrata de 2004, as vendas floresceram, o que levou a um novo acordo de US$ 1.9 milhões.

Por isso, Obama concordou em escrever outra não-ficção e um livro infantil. Ele escreveu no relatório de prestação de contas que pretende atrasar ambos os livros enquanto estiver no poder.

Robert B. Barnett, advogado de Washington que representa Obama e seu trabalho editorial, disse na quinta-feira que o acordo de US$ 500 mil não era para um novo livro, mas sim para uma licença que será usada para que a autobiografia do presidente possa ser condensada em um novo livro para estudantes do ensino fundamental. Obama já assinou cerca de 50 acordos de licenciamento similares, disse Barnett, tipicamente quando o livro será traduzido para outra língua.

Uma análise dos relatórios de prestação de contas de Obama desde que chegou em Washington quatro anos atrás como senador de Illinois mostra quão rapidamente ele ascendeu à riqueza, graças a seu trabalho como escritor.

Em 2005, ele relatou direitos autorais de US$ 1.23 milhões e em 2006, US$ 572.490. Em 2007, depois do lançamento de seu segundo livro, este valor aumentou para US$ 4.1 milhões. Em 2008, US$ 2.46 milhões. Ele continuará a receber direitos autorais enquanto for presidente.


Leia mais sobre Barack Obama

    Leia tudo sobre: obama

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG