Obama anuncia força-tarefa para ajudar famílias da classe média

KAILUA, Havaí - O presidente eleito Barack Obama anunciou no domingo a criação de uma força-tarefa para impulsionar a qualidade de vida das famílias da classe média trabalhadora dos Estados Unidos, apontando o vice-presidente eleito Joseph R. Biden Jr. para liderar o grupo de quatro membros do gabinete.

The New York Times |

"Nossa responsabilidade será analisar políticas atuais e futuras e ver qual o seu impacto para as famílias da classe média e trabalhadora",  disse Biden em uma declaração no domingo. "O número dessas famílias aumentou? Elas estão prosperando?"

A medida, que foi intitulada de Força-Tarefa da Casa Branca para Famílias Trabalhadoras, busca melhorar a educação e o treinamento de trabalhadores  americanos bem como proteger a renda e aposentadoria da classe média. O grupo, segundo oficiais, irá trabalhar com líderes trabalhistas e empresários.

A força-tarefa é a primeira atribuição dada a Biden, que disse que a gestão Obama irá medir o sucesso de sua política econômica através da prosperidade da classe média. O grupo inclui ainda os secretários do trabalho, educação, comércio e saúde e serviços humanos, bem como os principais conselheiros econômicos do presidente.

Enquanto Obama aproveitava seu primeiro dia de férias no Havaí, a medida era anunciada por oficiais da equipe de transição em Washington. O presidente eleito não falou sobre a força-tarefa e passou o dia longe do público com sua família e um pequeno grupo de amigos de Chicago que o acompanham.

"Minha gestão se comprometerá absolutamente com o futuro da classe média trabalhadora americana", disse Obama em uma declaração, repetindo um princípio de sua campanha presidencial. "Ela está no centro dos trabalhos da Casa Branca e essa força-tarefa será um veículo que usaremos para garantir que nunca esqueceremos deste compromisso".

Com o presidente eleito em férias, Biden assumiu o papel central da próxima gestão, fazendo sua primeira aparição desde a eleição em um programa de notícias dominical. Em entrevista ao "This Week" na rede ABC, Biden disse que a economia está em declínio pior do que esperava. "O presidente eleito Obama e eu sabemos que a saúde econômica das famílias trabalhadoras foi prejudicada e pretendemos consertar isso", ele disse. "Precisamos começar a estancar este sangramento aqui e impedir a perda de empregos gerando outros postos de trabalho".

- JEFF ZELENY

Leia mais sobre Barack Obama

    Leia tudo sobre: barack obamaeua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG