O encanador comum de Nova York não é Joe

NOVA YORK ¿ O crescimento foi rápido e, de certa forma, inesperado: em uma noite, parecia que o humilde encanador passou de um homem com altos salários e calças largas para um símbolo da classe trabalhadora americana. Para o senador John McCain e Barack Obama, que trocaram farpas no debate presidencial de quarta com bajulações feitas a ¿Joe, o encanador¿, o comerciante antes-ridicularizado foi um clássico herói de participação ativa, um homem comum celebrado e o tipo de cara que traz o ¿Eu posso¿ de volta à America.

The New York Times |

Acordo Ortográfico

Mas para os encanadores de Nova York, a rápida ascensão pareceu um bom acordo muito mais complexo. Com a condição, segundo eles, de que a máquina política lhes usasse como um símbolo. Mas do quê?

Ainda se pode encontrar o cara gorducho com um cigarro, disse Gil Perez, encanador da Ilha de Staten em Nova York, que é formado em direito, mas não é mais assim. Atualmente, encanadores são homens de negócios. Alguns são metrossexuais. Especialmente em Nova York, eles não são o que as pessoas pensam.

Muitos acham ¿ ao menos de acordo com o velho clichê ¿ que o encanador comum é basicamente desengonçado. Ele passa dias embaixo da pia ou dando uma olhada no vaso entupido do banheiro. Seu trabalho é sujo: suas unhas das mãos são duras.

Ele não é ¿ tradicionalmente falando ¿ o tipo de homem que faria uma referência improvisada sobre um evento Black-tie do qual ele participou na Biblioteca Pública de Nova York, como fez Richard Breslaw da companhia de encanamento Breslaw & Sons em Manhattan. Ele contou como encantou uma jovem mulher com seu trabalho, ao se referir a ele como a primeira coisa que você pensa quando acorda.

Os encanadores, que há muito tempo são objeto de deboches desagradáveis e ofensivos ¿ Breslaw citou o clássico Se você não for para o colegial, adivinhe o que você será? ¿ são, em muitos casos, muito bem pagos. Breslaw disse que um de seus melhores homens limpa duas, talvez, duas e pouco a cada ano. Ele até parafraseou Einstein: Se eu tivesse que viver minha vida de novo, eu seria um encanador.

É claro que é justo dizer que encanadores como estes não são os mesmo os quais os candidatos tinham em mente. De fato, quando Sarah Palin, vice de McCain, disse na quinta-feira que queria cortar as taxas porque pensamos como os encanadores Joe ou Jane, ela estava se referindo a outra certa versão.

Talvez como Anthony Caiazzo, encanador do Brooklyn, perito em política que respondeu espontaneamente ao chamado do repórter dizendo, Aqui é Joe, o encanador. Ele é um meio termo: o cara de colarinho azul, que segundo ele, tem um escritório de mais de mil metros quadrados e que em certas ocasiões sabe-se que ele aparecerá de terno e gravata.

Da mesma forma que grandes-figuras políticas, a união de encanadores nacionais tem aprovado Obama, dizendo que ele sempre lutou pelos trabalhadores durante sua carreira. George W. Reilly, gerente de negócios das notícias locais de Nova York, foi encontrado por celular na manhã desta quinta e disse que na indústria, Joe, o encanador, ficou enfurecido.

Não estamos infelizes com a situação, disse Reilly, que estava em uma conferência de encanadores em Cooperstown, em Nova York. Aumentar o reconhecimento do público de um trabalho que tem milhares de anos é bem interessante.

Obviamente, é possível que o encanador Joe de hoje acabe como o Wal-Mart Pai de ontem ou a Mamãe Futebol do dia seguinte ¿ um símbolo que pareceu premonitivo quando foi inventado, mas acabou cansando depois de um tempo. Na realidade, o verdadeiro Joe, o encanador, Samuel J. Wurzelbacher de Ohio, já teve muitas exigências e uma aparente falta de autorização que foi examinada pela mídia ¿ o outro lado da fama.

Pelo menos por enquanto, seus colegas menos ilustres parecem estar se aquecendo para um atrasado ardor de celebração.

Aceito isso como um elogio, Caiazzo disse. Joe, o encanador, é colarinho azul ¿ nós somos colarinho azul. Nós devemos ser donos do negócio, mas na realidade muitos de nós estão nas trincheiras.

Ser o encanador Joe, ele continuou, Está bom para mim.

Por ALAN FEUER

Leia mais sobre eleições nos EUA

    Leia tudo sobre: eleições nos eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG