Não é hora para histeria por causa da nova gripe

NOVA YORK ¿ Ninguém entre em pânico. O governo deve estar gastando os últimos centavos no pacote de resgate, mas, aparentemente, são ricos sujos com estoques de Tamiflu. Disseram-nos que oficiais podem mobilizar ventiladores em um piscar de olhos (o que deveria ser tranquilizador). E os casos de gripe suína na Escola Praparatória de Saint Francis, Queens, bairro de Nova York, parecem, até agora, ser relativamente brandos.

The New York Times |

Além disso, não é como se não houvesse procedimentos sobre como lidar até mesmo com surtos de gripes piores que este. Considere Preparando-se para a Gripe Aviária Pandêmica: manual de prontidão de Família e Vizinhos, publicado em 2006, por Joe e Rita Sterling, um casal cuja vaga biografia online diz que conduzem corporações e comunidades ao sucesso há quase duas décadas, (A gripe aviária, que pode ser fatal nos humanos, é diferente da H1N1, gripe suína, que está deixando doentes pessoas desde o México até St. Francis, mas apesar de tudo é uma leitura interessante).

Mas e se houver ilegalidade?, coloca uma questão hipotética na página 150 do livro. Eu preciso proteger minha família e a mim mesmo. Quais são os itens de segurança essenciais para se ter? Os autores apontam que isso é uma questão bem pessoal, claro (claro!) e aconselha os vizinhos a começarem conversas de grupo sobre isso a tempo.

Alguém na sua vizinhança com certeza perguntará sobre armas de fogo (claro!). A colaboração reduz o medo e o stress, aconselha Sterlings, antes de continuar a lista dos poucos itens para um kit de segurança: fita adesiva, luvas de trabalho e um celular, dentre outros. E também um machado ou machadinha, objetos de dissuasão (bastão pesado, spray de pinta, buzina, etc) e, claro, uma pá dobrável. Em seu carro, você precisará de uma buzina de ar, um baralho de cartas (pode-se ter tanta diversão comendo enlatados durante um ano) e uma arma de eletrochoque.

Quem imaginaria que a gripe suína poderia ser apenas uma nova oportunidade pela qual Rudy Giuliani (prefeito de Nova York de 1999 a 2001) estava esperando?

Na verdade, é a estrela do Dr. Thomas R. Frieden, membro do conselho de saúde de Nova York, que possui mais potencial para surgir. Até agora, Frienden ficou conhecido principalmente como um chefe do esquadrão dos vícios da cidade, seja o tabagismo, as gorduras trans ou o sódio, todos os quais Frieden atacou por meio de legislações ou persuasão (alguns tipos de indústria de alimentos chamariam de ameaça).

Críticos dizem que ele tem sido muito agressivo em tentar ditar um comportamento e que sua abordagem em relação à crise de diabetes invade a privacidade dos pacientes. Fãs dizem que ele simplesmente é entusiasmado e consegue resultados (Eles também gostam do fato de ele manter um pote cheio preservativos em sua recepção).

Em uma coletiva de imprensa, neste fim de semana, sobre o surto de gripe em St. Francis, potencialmente a mesma gripe suína que pode ter matado mais de 100 pessoas no México, Frieden pareceu o tipo de governante fantoche que as pessoas querem em uma crise.

Calmo, ele inspira confiança e transmite compaixão, mesmo àqueles que encheram os hospitais do Queens, com sintomas de uma leve gripe. Ele exibiu uma preocupação evidente sobre a situação ¿ mas uma branda tensão de preocupação, lembrando que a situação atual não era nada que os hospitais de Nova York e líderes não poderiam cuidar. Ao invés de gastar toda sua energia aprendendo espanhol, o prefeito Michael R. Bloomberg deve pensar em passar um tempo estudando as maneiras de Frieden com seus pacientes (pois quanto ao espanhol, Frieden é fluente).

Frieden foi professor, epidemiologista e, de acordo com seu website oficial, um organizador da comunidade, novamente com uma chance em sua credencial política. O prefeito Bloomberg, titã das finanças, chegou ao poder quando a cidade estava rolando em dinheiro. Frieden, que trabalhou na Índia por cinco anos combatendo a tuberculose, deve ser o tipo de líder que não desiste de uma nova Nova York, uma cidade que aparente principalmente valor e não apenas dinheiro (ao menos porque não tem mais nenhum).

A possibilidade de uma pandemia de gripe poderia tornar qualquer um nostálgico em relação aos bons velhos tempos, quando nossas maiores preocupações eram o aumento do combustível e o crescimento aparentemente inevitável da China. Na verdade, um livro como Preparando-se para a Gripe Aviária Pandêmica poderia tornar qualquer um nostálgico quanto aos velhos e bons tempos quando nossos maiores problemas eram a queda da economia global, a alta taxa de desemprego, e vizinhanças inteiras habitadas por invasores.

Para aqueles que são influenciados por uma grande figura de medo, o clima não têm ajudado. Até domingo, estava quente o suficiente para levantar questões sobre o aquecimento global. Será que o aumento do nível dos mares e o aumento de inundações em breve nos tornarão nostálgicos em relação aos bons e velhos tempos quando tudo com o que tínhamos que nos preocupar era a gripe suína?

Sabe do que eu realmente esqueci? Do bug do milênio.


Por SUSAN DOMINUS

Leia mais sobre gripe suína

    Leia tudo sobre: gripe suína

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG