Michelle Obama anuncia novo fundo para ajudar organizações sem fins lucrativos

NOVA YORK - A primeira dama, Michelle Obama, se aventurou publicamente em novos territórios ao anunciar na terça-feira que a gestão Obama planeja criar um fundo de inovação social de US$ 50 milhões para ajudar a financiar e ampliar organizações sem fins lucrativos promissoras.

The New York Times |

O fundo ofereceria apoio financeiro a organizações sem fins lucrativos e grupos comunitários que se concentram na educação, saúde e mobilidade econômica, entre outras questões, afirmaram os oficiais. A gestão planeja encorajar fundações, filantropos e corporações a contribuírem com o programa.

"A ideia do fundo é simples: encontrar os programas mais eficazes e oferecer a eles o capital que precisam para aumentar seu sucesso em comunidades de todo o país", disse Michelle na terça-feira em Nova York, onde foi homenageada no baile da revista "Time" por sua edição "100 Pessoas Mais Influentes".

O anúncio revelou uma nova postura da primeira dama, que criou cuidadosamente uma imagem doméstica durante os primeiros meses de Casa Branca, enfatizando seu foco na maternidade e estabelecendo sua família na Casa Branca.

Mas Michelle, advogada formada em Harvard e ex-executiva hospitalar, continua comprometida com a política pública. E ela concentrou sua atenção no aumento do voluntariado através do Ato Sirva a América do senador Edward M. Kennedy, posto em prática em abril.

O Congresso ainda terá que autorizar os US$50 milhões que o presidente planeja alocar ao fundo. Mas Michelle deixou claro na terça-feira que ela e os oficiais da gestão acreditam que o fundo terá um impacto crucial "em um momento no qual nossa nação enfrenta desafios sem precedentes"

Por RACHEL L. SWARNS

Leia mais sobre Michelle Obama

    Leia tudo sobre: michelle obama

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG