Los Angeles enfrenta críticas por gastos com funeral de Michael Jackson

LOS ANGELES - O talento deixou o palco e as lágrimas começam a secar, mas a discórdia sobre o custo do funeral público de Michael Jackson, realizado no centro de Los Angeles na terça-feira, parece aumentar.

The New York Times |

Na terça-feira, o promotor da cidade, Carmen Trutanich, tomou uma medida incomum ao aparecer durante o período de comentário público da audiência da Câmara Municipal para anunciar que seu gabinete irá investigar como os contribuintes da cidade de Los Angeles acabaram arcando com o preço da proteção policial e outros serviços fúnebres, em um momento no qual a cidade e o Estado estão sem dinheiro.

Na quarta-feira, a controladora da cidade, enviou uma carta ao departamento de gerenciamento de emergências de Los Angeles exigindo saber por que o órgão gastou US$ 48.826 em sanduíches de uma lanchonete a 130 km de Los Angeles para alimentar os policiais. "Saibam que nosso gabinete está investigando tudo isso desde o início", disse Trutanich durante a audiência.

Dois membros da Câmara Municipal também questionaram os gastos e na quarta-feira estações de rádio, blogs e discussões no Twitter se concentraram nas críticas.

"Eu admito que chorei com Mariah, Queen e Paris", disse Jody Greenblatt, executiva farmacêutica que vive em Los Angeles. "Mas eu choro mais ao pensar nos salários dos professores, no desemprego e na falência do Estado".

Sarah Hamilton, porta-voz da cidade, disse que os custos finais do funeral no Staples Center chegaram a US$ 1,4 milhão.

O incomum transtorno público em uma geralmente apolítica Los Angeles ressalta a situação da cidade (que tem um buraco de US$ 320 milhões no orçamento e um índice de desemprego de 11,4%) e sua dificuldade em arrecadar dinheiro dos líderes da rica indústria do entretenimento.

A disputa sobre o funeral pode se tornar um problema para o prefeito Antonio R. Villaraigosa, que estava fora do país durante a cerimônia e cujos esforços em cortar os custos e as críticas acabaram em um pedido de arrecadação para arcar com o evento em seu website.

Hamilton disse que US$ 17 mil em doações chegaram aos cofres da cidade através do website, mas a iniciativa foi limitada por prolongadas quedas nos servidores.

Dois membros do conselho sugeriram que a família Jackson ajude a pagar pelos gastos. Jesse Derris, porta-voz da família Jackson, disse que eles não irão comentar o assunto.

Coro recepciona caixão de Jackson no Staples Center

Assista a imagens do funeral privado de Michael Jackson

A carreira de Michael Jackson

    Leia tudo sobre: michael jackson

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG