Governadores dos EUA temem custo do tema imigração em eleições

Democratas receiam que ação do governo Obama contra lei de imigração do Arizona possa custar ao partido em novembro

The New York Times |

Em uma reunião privada com autoridades da Casa Branca no último fim de semana, governadores democratas expressaram profunda preocupação em relação à ação do governo Obama contra a nova lei imigratória do Arizona , temendo que isso possa tornar o Partido Democrata mais vulnerável nas eleições do novembro.

Enquanto a fraca economia dominou a agenda oficial da reunião de verão da Associação Nacional de Governadores, a preocupação com a política imigratória permeou as sessões a portas fechadas entre os governadores democratas e autoridades da Casa Branca durante o evento de três dias.

Na reunião dos democratas no sábado 10 de julho, alguns governadores lamentaram o momento da ação do Departamento de Justiça , de acordo com dois governadores que falaram anonimamente porque a discussão foi privada.

"Universalmente os governadores estão dizendo: 'Temos de falar sobre empregos'", disse o governador do Tennessee, Phil Bredesen. "E de repente temos a imigração acontecendo." Ele acrescentou: "Esse é um assunto tão tóxico em um momento tão importante para os democratas."

O governo parecia tentar uma postura de atração. A secretária de Segurança Interna Janet Napolitano, na cidade para dar aos governadores um briefing de segurança nacional confidencial, reuniu-se com Jan Brewer, a republicana que a sucedeu como governadora do Arizona e apoia ardentemente a lei imigratória .

Brewer disse que elas não discutiram o processo. Em vez disso, em uma conversa que descreveu como cordial, falaram sobre o pedido do Arizona por mais membros da Guarda Nacional na fronteira com o México, bem como outros recursos.

A reunião dos democratas ofereceu um vislumbre sobre as tensões entre a Casa Branca e os Estados a respeito da ação, que o Departamento de Justiça apresentou na semana passada em um tribunal federal em Phoenix.

Dezenove governadores democratas deixarão o cargo ou tentam a reeleição este ano, e os republicanos veem essas cadeiras como cruciais para equilibrar a corrida presidencial de 2012.

A ação alega que o controle de imigração é uma responsabilidade federal, mas pesquisas sugerem que a maioria dos americanos apoia a lei do Arizona ou pelo menos o conceito de um Estado ter forte papel na execução de leis imigratórias.

Os governadores republicanos na reunião de Boston também criticaram a ação, dizendo que ela infringe os direitos dos Estados e defendendo Brewer, cuja presença estimulou um protesto barulhento em torno do hotel onde os governadores se encontraram.

* Por Abby Goodnough

    Leia tudo sobre: euaimigraçãoArizonabarack obamademocratas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG