Google coloca canções a um clique dos usuários do YouTube

SAN FRANCISCO ¿ Em seu esforço contínuo em encontrar uma maneira de ganhar dinheiro com o YouTube, o Google introduziu nesta terça um tipo de anúncio de e-commerce (comércio pela Internet) nos quais os usuários do YouTube podem clicar e comprar produtos digitais do iTunes da Apple ou da Amazon.com.

The New York Times |

Acordo Ortográfico

Com o novo programa, o público de um vídeo com uma trilha sonora, por exemplo, estaria apto a clicar em um ícone para baixar a música de uma das duas lojas de música.

Se você gosta de música, não precisa sair do Google ou sair do site para comprá-la, disse Bakari Brock, conselheiro de negócios do YouTube.

O novo formato de anúncio é o mais recente que o YouTube introduziu nos últimos meses uma vez que ele tenta tornar a alta audiência do site em ganhos. Até agora, o esforço encontrou sucesso limitado, de acordo com muitos analistas.

Google, que pagou US$ 1,65 bilhões pelo YouTube há cerca de dois anos, está contando com o site de vídeo para ajudar a expandir novas formas de anúncios em um tempo em que o crescimento do centro do negócio ¿ anúncios com pequenos textos aparecem perto do lugar de busca por vídeos ¿ está diminuindo.

Brock disse que os anúncios novos eram o primeiro passo do YouTube para construir uma plataforma de comércio eletrônico viável. Por enquanto, o programa é limitado a compras de músicas da EMI ou da Universal Music Group no iTunes ou na Amazon. O videogame Spore lançado recentemente também está disponível, Brock disse. Em algum tempo, o Youtube pretende expandir o programa para incluir outras lojas e outros produtos, como ingressos para shows, ele disse.

Marcas de música poderiam escolher colocar os links do e-commerce perto de seus próprios vídeos ou em vídeos colocados no site por usuários, cujas imagens ou trilha sonora eles identifiquem usando o sistema para identificar conteúdo do YouTube, que permite aos donos encontrar material não autorizado no site.

Os executivos do Google têm mandado mensagens confusas sobre suas habilidades em ganhar dinheiro com o YouTube. No começo deste ano, Eric E. Schmidt, executivo chefe do Google, disse que tinha tomado mais tempo do que o esperado para encontrar o modelo certo de anúncio para o YouTube. Em setembro, ele disse que estava satisfeito com o progresso do Youtube.

O YouTube é um enorme sucesso para a necessidade dos usuários e estamos aguardando a monetização que vem com isso e na qual nós acreditamos que virá, Schimidt disse. Estamos onde devemos estar.

Nesta terça, o YouTube introduziu também um tela maior que diz ser apropriada para o crescimento do número de vídeos de longo formato disponíveis no site.

Por MIGUEL HELFT

Leia mais sobre Google

    Leia tudo sobre: google

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG