Frango é principal fonte de intoxicação alimentar, diz relatório

Você está passando mal? Então a causa pode ser um frango ruim.

New York Times |

O frango é a principal fonte de intoxicação alimentar nos Estados Unidos, seguido por folhas de vegetais, frutas e sementes, de acordo com um relatório divulgado na quinta-feira pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças.

Depois de uma campanhas do Departamento de Agricultura para melhorar a segurança das aves, o número de pessoas contaminadas pelo frango em 2006 caiu em comparação à média dos cinco anos anteriores, de acordo com os pesquisadores do CCPD.

Mas o problema persiste. A maioria das doenças relacionadas ao frango, segundo o centro, teve ligação com a Clostridium perfringens, uma bactéria que comumente causa cólicas e diarreia de 10 a 12 horas depois da horas da ingestão.

Os esporos desta bactéria costumam sobreviver ao cozimento, então manter a carne em temperaturas médias por um longo período de tempo é essencial para evitar a contaminação.

Ainda que o frango seja a fonte mais comum de intoxicação entre outros 17 tipos de alimentos rastreados por oficiais federais, o CCPD descobriu que dois terços de todas as doença relacionadas aos alimentos, que podem ser rastreados a um único ingrediente, geralmente são causadas por vírus adicionados à comida por funcionários de restaurantes que não lavam as mãos.

Tais vírus são os principais responsáveis pela "gripe do estômago" e têm como sintomas a náusea e o vômito, que estão ligados ao vírus da gripe.

A salmonela, bactéria encontrada em todo o país em alimentos contaminados como manteiga de amendoim, espinafre e tomate, está em segundo lugar na causa de intoxicação alimentar, segundo o centro.

Leia mais sobre intoxicação

    Leia tudo sobre: intoxicação

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG