Família Obama prepara sua mudança para a Casa Branca

Quando Verna Williams ligou para parabenizar Michelle Obama na manhã de quarta-feira, de brincadeira ela se ofereceu para parar de chamá-lade Mish e começar a chamá-la de Sra. Obama. Michelle Obama, que logo será a primeira-dama do país, caiu na risada, disse Williams.

The New York Times |

Acordo Ortográfico

Um dia depois da eleição presidencial, a família Obama da região de Hyde Park em Chicago está apenas começando a pensar sobre como setornarão a primeira família dos Estados Unidos.

Como o primeiro presidente negro e sua família, eles serão um quadro vivo do progresso racial e, segundo seus amigos, eles estão conscientes de que tudo que disserem ou fizerem (a forma como se vestirem, a escola que Malia, 10, e Sasha, 7, irão frequentar, mesmo que cachorro irão adotar) trará consigo um enorme valor simbólico.

"Aqui existe uma família negra intacta, uma família feliz, com crianças lindas e parentes maravilhosos", disse Williams, "e eles irão viver na mansão executiva".

Obama e a família comemoraram a vitória em Chicago
Obama e a família comemoraram a vitória em Chicago

Para o presidente eleito Barack Obama e sua família, deixar Chicago
significa romper com o casulo protetor que criaram para si mesmos.

Ao longo da campanha, Malia e Sasha, que se tornarão as ocupantes mais novas da Casa Branca em décadas, passaram muitas horas no pequeno apartamento de sua avó na Zona Sul, no mesmo prédio em que sua mãe foi criada.

Na quarta-feira, Michelle Obama falou com a primeira-dama, Laura Bush, que a convidou juntamente com suas filhas para visitarem a Casa Branca em breve. A busca por uma nova escola começa agora, Michelle Obama disse a amigos.

Enquanto a Casa Branca de Obama continuará a entreter os mesmos
dignatários e chefes de Estado comuns em Washington, os convidados
mais valorizados podem ser as amigas das meninas. "Pode ser que as
amigas das meninas durmam na Casa Branca, grupos de meninas com sacos de dormir passando a noite com Sasha e Malia", disse Williams.

Como primeira dama, Michelle Obama disse que planeja fazer de si mesma a defensora dos pais que trabalham fora, principalmente da famílias dos militares, pedindo melhor acesso aos cuidados para as crianças. Como uma primeira-dama que tentará lidar com seus deveres públicos e, ao mesmo tempo, educar duas crianças, ela será um exemplo claro disso.

"Ela mesma terá que equilibrar seu tempo entre trabalho e família",
disse Doris Kearns Goodwin, historiadora presidencial.

Mas por um lado, a vida da família Obama se tornará muito mais fácil.
Desde 1996, quando foi eleito ao Senado do Estado de Illinois, Barack
Obama passou longos períodos longe de casa. Os últimos seis anos foram preenchidos pela difícil maratona entre o Senado, Washington e,
depois, por todo o país em campanha.

Sua eleição ajudará a concretizar um sonho familiar. Nos próximos
quatro anos, da família Obama irá jantar junta.

Por JODI KANTOR

Assista abaixo ao discurso de Obama na íntegra (em inglês)

Veja o mapa de como ficou a eleição nos Estados Unidos:

Divulgação

Obama ganhou nos Estados azuis e McCain nos vermelhos

Leia também:

A campanha democrata

Entenda

Opinião

Leia mais sobre eleições nos EUA

    Leia tudo sobre: eleições nos eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG