Eleitores revelam dúvidas sobre Palin e mantêm Obama na frente

Um número crescente de eleitores concluiu que a candidata à vice-presidência do senador John McCain, a governadora Sarah Palin do Alasca, não é qualificada para o cargo, prejudicando a aposta republicana nos últimos dias de campanha, de acordo com a última pesquisa The New York Times/CBS News.

New York Times |

No total, 59% dos eleitores pesquisados disseram que Palin não está preparada para a vice-presidência, 9% a  mais do que o registrado no começo do mês. Quase um terço dos eleitores pesquisados disseram que a escolha do vice será uma grande influência na hora do voto, e estes favorecem o senador Barack Obama, candidato democrata.

Os eleitores disseram ter mais confiança em Obama na escolha de pessoas qualificadas para sua equipe do que em McCain.

A pesquisa descobriu:

- Obama mantém a liderança, com 51% das intenções de voto contra 40% de McCain.

- Algumas percepções sobre raça estão mudando, com um aumento marcante no número de pessoas que dizem acreditar que brancos e negros têm as mesmas oportunidades na América de hoje.

- O foco de McCain nos impostos, inclusive sua conversa sobre "Joe o encanador", parece ter tido algum efeito, uma vez que um número maior de eleitores agora afirma que McCain não irá aumentar a tributação.

- Cerca de 89% das pessoas veem a economia de forma negativa e 85% pensam que o país está no caminho errado.

- Obama continua a ter vantagem significativa em questões importantes como a economia, saúde pública e guerra no Iraque.

A pesquisa mostra que as opiniões sobre Obama e McCain foram
solidificadas: nove entre 10 eleitores que afirmaram ter escolhido seu candidato disseram que não irão mudar de ideia. Apenas 4% dos eleitores se declaram indecisos e, quando pressionados a dizer a qual candidato seu voto se inclinaria, a proporção da da disputa permaneceu a mesma.

Quando possíveis eleitores foram questionados para quem votariam num cenário que incluía candidatos de outros partidos, Obama ficou na frente com 52%, McCain teve 39% das intenções, Bob Barr 1% e Ralph Nader 2%.

A pesquisa realizada pelo telefone com eleitores de todo o país foi conduzida entre o sábado e a quarta-feira, com 1,439 adultos, dos quais 1,308 eram eleitores registrados. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou menos.

- MICHAEL COOPER e DALIA SUSSMAN

    Leia tudo sobre: eleições nos eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG