Editorial - Vídeo político usado em turnê de Madonna gera controvérsias

Uma das principais marcas da era digital é que qualquer um com um computador pode participar do debate político. Isso pode ser maravilhoso ou pode ser horrível, como no caso do vídeo que Madonna mostra em sua turnê.

The New York Times |

Na produção, uma montagem mostra cenas de genocídio (em campos nazistas, asiáticos e africanos) e as faces do horror e da opressão (Adolf Hitler, Ayatollah Khomeini, Robert Mugabe). Depois mostra Mike Huckabee, que concorreu à indicação republicana, e o senador John McCain, que em breve irá se tornar o candidato oficial do partido.

A campanha presidencial deste ano já foi marcada por comerciais negativos, com imagens racistas e insultos imaturos. Foi um absurdo quando a campanha de McCain comparou Obama a celebridades como Paris Hilton e Britney Spears como parte de seu esforço em denegrir a imagem pessoal do democrata, ao invés de debater os enormes problemas do país.

O vídeo de Madonna é imensamente pior. Se ela achava que iria ajudar Obama ao compará-lo com Gandhi e Bono, estava errada.

Nós não acreditamos na postura "cale-se e cante" que dita que as celebridades devem se manter fora da política (adotada pelos republicanos em face ao apoio recebido pelos democratas por parte dos artistas), mas não há espaço num discurso decente para se comparar um candidato com Hitler.

Tucker Bounds, porta-voz de McCain, teve razão ao dizer que o vídeo é "absurdo" e inaceitável". A equipe de Obama também acusou a produção. "Esse tipo de comparação é ofensiva e absurda e não tem espaço no processo político", disse o porta-voz Tommy Vietor. Mas quando ambos os lados aproveitam o momento para gerar mais lama é que podemos ver como o debate político se tornou inferior este ano.

"Fica claro que quando o assunto é apoiar Obama as celebridades que são suas amigas em todo o mundo se recusam a considerar qualquer fato e ultrapassam os limites", acrescentou Bounds da campanha de McCain. Vietor não resistiu e ofereceu seu próprio ataque. "Nós esperamos que John McCain também condene as ações de seus aliados que praticam táticas baixas", ele disse.

Pelo menos a música cantada por Madonna durante o vídeo foi habilmente intitulada: "Get Stupid" (Fique Burro, em tradução literal).

Leia mais sobre Madonna

    Leia tudo sobre: madonna

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG