Doença leva presidente do Irã a cancelar agenda pública

TEERÃ - O presidente Mahmoud Ahmadinejad adoeceu por causa da tensão de seu trabalho, mas um aliado político negou rumores de que sua doença o impedirá de disputar a reeleição em junho, reportou a agência de notícias Irna no domingo.

The New York Times |

Acordo Ortográfico

Websites não oficiais disseram, no entanto, que a doença de Ahmadinejad pode ser mais séria do que o informado.

Ahmadinejad, com pouco mais de 50 anos, cancelou diversos eventos desde terça-feira.

Seu desaparecimento da política acontece num momento em que ele enfrenta crescente pressão de seus críticos pela forma como lida com a economia, o que levou a um índice de inflação de 30%. Seu governo enfrentou uma de suas piores crises este mês depois que negócios tradicionais nas principais cidades entraram em greve contra um novo imposto sobre as vendas. Analistas alertaram que a economia pode piorar ainda mais por causa da queda do preço do petróleo.

AP

Ahmadinejad durante
cerimônia religiosa

"O presidente irá se recuperar e continuar seu trabalho", disse Mohammad Esmail Kowsari, membro do parlamento e aliado de Ahmadinejad, de acordo com a Irna.

A Irna também reportou no domingo que Ahmadinejad ficou doente por causa da tensão de seu trabalho (ele trabalha 20 horas por dia).

Kowsari disse que os inimigos do presidente estão usando uma simples doença como "arma psicológica", mas que irão falhar.

No sábado, a televisão estatal mostrou Ahmadinejad recebendo as credenciais de três embaixadores estrangeiros.

Ele se encontrou com os governadores gerais, líderes das regiões do Irã, no domingo, de acordo com a agência, e durante a reunião atacou seus críticos dizendo que eles "tentaram maliciosamente" ignorar os esforços positivos e construtivos de seu governo.

O Shahab News, um website independente, reportou que Ahmadinejad sofre de "exaustão e pressão baixa", o mesmo problema que o forçou a cancelar muitos eventos por três semanas consecutivas em maio. Segundo o site, um consultor do presidente afirmou que ele está com "fraqueza" causada pela "pressão de seu trabalho".

O website também disse: "A doença de Ahmadinejad levou círculos políticos a acreditarem que ele não conseguirá concorrer à reeleição no próximo ano"

Por NAZILA FATHI

Leia mais sobre Ahmadinejad

    Leia tudo sobre: ahmadinejad

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG