Cidade inundada de Iowa reclama de negligência

CEDAR RAPIDS, Iowa - Há mais de um ano, o centro de Cedar Rapids esteve submerso até os telhados como resultado uma inundação recorde causada pelo Rio Cedar e que gerou cerca de US$ 6 bilhões em danos - um dos desastres naturais mais caros desde o Furacão Katrina.

The New York Times |

Enquanto a atenção pública se volta mais uma vez a Nova Orleans e a Costa de Golfo, conforme o quarto aniversário da passagem do Furacão Katrina se aproxima, o mesmo não é visto por aqui. Na realidade, as pessoas de Cedar Rapids se sentem negligenciadas.


Casas continuam lacradas e abandonadas em Cedar Rapids / Getty

A recuperação aqui ainda é lenta e não é percebida nos prédios em processo de decomposição. Milhares de famílias deslocadas permanecem em alojamentos temporários e uma ampla demolição para abrir espaço para um novo centro da cidade começou há pouco.

O financiamento federal para a recuperação a longo prazo chega aos poucos, com o governo tendo comprometido dinheiro para cerca de metade do que a cidade diz precisar. E apenas uma fração disto realmente chegou aos cofres públicos locais até agora.

"Nós realmente nos sentimos como o desastre esquecido", disse Greg Eyerly, diretor de recuperação da inundação da cidade. "A coisa mais importante que fazemos é o Cap'n Crunch. Nós não somos uma cidade litorânea. Nós fazemos uma contribuição anônima ao nosso país e as pessoas se esquecem de nós."

Os atrasos na recuperação têm múltiplas causas. A cidade não consegue chegar a um acordo com a Agência Federal de Gerenciamento de Emergências sobre o nível dos danos sofridos por edifícios públicos e mais de mil famílias ainda não sabem se serão resgatadas de casas que foram inundadas ou se seus bairros irão voltar a existir.

E as fontes de grande parte do dinheiro de recuperação a longo prazo (como os Departamentos de Agricultura e Alojamento e Desenvolvimento Urbano) não são agências de resposta a crises e por isso não operam a um passo emergencial.

Até agora, o Iowa recebeu uma promessa de US$ 3,1 bilhões em ajuda federal para moradia, infraestrutura e recuperação de negócios, mas apenas US$ 689 milhões foram distribuídos e os oficiais locais estimam precisar de algo entre US$ 8 bilhões e US$ 10 bilhões. O Estado sofreu US$ 1,6 bilhão em danos apenas à infraestrutura. Em Cedar Rapids, oficiais municipais estimam precisar de algo em torno de US$ 6 bilhões.

Centenas de casas em Cedar Rapids permanecem abandonadas, algo similar a como estavam no dia 13 de junho de 2008, quando o Rio Cedar transbordou. Algumas foram destruídas até as bases, enquanto aguardam conserto e dão a bairros inteiros a impressão de uma cidade de fantasma.

Leia mais sobre Cedar Rapids

    Leia tudo sobre: enchentesestados unidos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG