Celebridades narram pontos turísticos do Central Park

NOVA YORK - No que pode ser considerado o equivalente para celular das áudio tours de museus, dezenas de celebridades passaram a oferecer narrativas para passeios pelo Central Park pelo telefone.

The New York Times |

Os tours são uma mistura de trívia, memórias e história: Yoko Ono apresenta Strawberry Fields, campo batizado com o título de uma das músicas dos Beatles em homenagem a seu marido John Lennon. Jimmy Fallon fala sobre o North Meadow, um dos campos nos quais a equipe que produziu "Sex and the City" e "Law & Order" jogou bola. Whoopi Goldberg discorre sobre Wollman Rink, onde ela aprendeu a andar de patins sobre o gelo.

"Nós queríamos fazer isso há muito tempo, mas o desafio era a tecnologia", disse Douglas Blonsky, presidente do Grupo de Conservação do Central Park, que gerencia o parque sob ordens da cidade de Nova York.

Alugar, gravar e manter aparelhos específicos para o passeio seria muito caro, além de pouco prático. Mas os celulares, que agora as pessoas carregam consigo o tempo todo, se mostraram uma solução para o problema.

O grupo marcou 40 locais com sinais verdes e um número de discagem (646 862-0997) que oferece diferentes ramais para cada local.
"Você nem parece um turista", disse Blonsky. "Você pode fingir que está falando ao telefone".

Conheça alguns dos lugares e seus narradores:

A Ravina: David Copperfield Ponte Bow: Julia Louis-Dreyfus Conservatório Água: Glenn Close A Fábrica de Laticínios: Danny Meyer Teatro Delacorte: Anne Hathaway Grande Gramado: Alec Baldwin Quadras de Tênis: John McEnroe

Leia mais sobre Central Park

    Leia tudo sobre: central parknova yorkturista

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG