Califórnia liquida bens em busca de solução para crise orçamentária

SACRAMENTO, Califórnia - Você já quis comprar um Chevrolet Cavalier assinado por um governador com problemas de orçamento? Esta é a sua chance!

The New York Times |

Em uma manobra que sinaliza tanto a vontade quanto a ingenuidade do governador Arnold Schwarzenegger, além da situação desesperadora das finanças da Califórnia, políticos do Estado têm se preparado freneticamente esta semana para uma liquidação de dois dias de artigos retirados de todos os cantos da burocracia estatal.


Carros usados em patrulhas serão vendidos / NYT

O evento, que começa nesta sexta-feira em um armazém aqui da capital, foi apelidado de a Grande Venda de Garagem da Califórnia e é última venda dos excessos do Estado desde que bens desnecessárias foram colocados em leilão em 2004.

"Nós teremos 6 mil artigos à venda", disse Fred Aguiar, secretário da Agência de Serviços ao Consumidor do Estado, responsável pela comercialização. "Há mobílias, computadores e equipamento de escritório. Esta será uma grande oportunidade para os californianos".

Ordenada por Schwarzenegger em julho durante uma análise ruim do orçamento, a venda também será uma oportunidade para que as agências estatais limpem armários, gavetas, garagens e quartinhos.

Entre os artigos colocados à venda está um piano de cauda de 1862, completo com teclas de marfim e décadas de pó, que foi oferecido pelo Departamento de Parques e Recreação.


Piano é raridade de 1862 / NYT

Há duas coleções de bonecas de recordação do time Sacramento Kings de 2003 confiscadas pela Patrulha Rodoviária da Califórnia e à venda por US$ 15. Também há estranhezas de origem desconhecida, como um cancioneiro de uma ópera alemã, "Der Waffenschmied", que pode estar caro demais a US$ 3.

Ainda assim, há muitas pechinchas no lote. O Estado colocou inúmeros laptops no mercado, com preços que variam entre US$ 75 e US$ 275, ao lado de dezenas de computadores de mesa a preços semelhantes. BlackBerrys, Palm Pilots e celulares podem ser comprados por até US$ 5, juntamente com máquinas fotográficas antiquadas (filme, não digital) por US$ 100.


Computadores serão vendidos a bons preços na Califórnia / NYT

Há até mesmo itens para a recreação ao ar livre: barras femininas por 50 centavos, um machado por US$ 2 e uma prancha de surfe por US$ 100.

Quanto a venda conseguirá arrecadar, é claro, ainda não se sabe. Aguiar chegou a palpitar que o Estado possa conseguir US$ 1 milhão. Mas uma coisa é certa: o valor não chegará perto dos US$ 10,5 bilhões que a Califórnia precisa para o atual ano fiscal. A crise do orçamento do Estado tem uma brecha de US$ 24 bilhões.

Leia mais sobre Califórnia

    Leia tudo sobre: califórnia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG