Obama busca na internet sugestões para transição" / Obama busca na internet sugestões para transição" /

Bispos americanos se unem para confrontar políticas de Obama

BALTIMORE - O presidente da Conferência dos Bispos Católicos dos Estados Unidos disse a seus colegas de clérigo na segunda-feira que, ainda que eles devam se alegrar com a eleição de um presidente afro-americano, também será seu dever confrontá-lo na questão do aborto. http://ultimosegundo.ig.com.br/bbc/2008/11/07/obama_busca_na_internet_sugestoes_para_transicao_2102834.htmlObama busca na internet sugestões para transição

New York Times |

Acordo Ortográfico

"O bem comum não pode existir em uma sociedade quando os que esperam para nascer podem ser legalmente assassinados", disse o presidente, Cardeal Francis George, arcebispo de Chicago, aos 300 membros reunidos para seu encontro anual. "Um acordo não pode ser atingido com a destruição do bem comum".

As afirmações de George denotaram repúdio à postura do "bem comum"
adotada pelo presidente eleito Barack Obama e líderes do partido democrata, inclusive alguns proeminentes católicos.

Os defensores da postura do "bem comum" dizem que, ao invés de transformar o aborto em uma prática ilegal (questão que divide o eleitorado americano há décadas), eles irão tentar reduzir os números de procedimentos fortalecendo a rede de segurança social e econômica que possibilita que cada vez mais mulheres interrompam sua gravidez.

George disse em uma coletiva de imprensa que ainda que os bispos apóiem "programas de bem estar social que beneficiam os pobres", eles também continuam a pressionar por uma lei que restrinja a prática do aborto.

O aborto não é a única questão na qual os bispos planejam se opor ao presidente eleito. No final de semana, consultores de Obama disseram que ele considera a possibilidade de reverter diretrizes adotadas pelo presidente Bush que proíbem as pesquisas com células tronco embrionárias. George disse que os bispos "negociarão" com Obama nesta questão também.

Depois de oito anos de presidência republicana que evocou a linguagem católica para cimentar sua plataforma antiaborto, os bispos estão diante de uma gestão democrata que apoia a prática.

Nos últimos meses da disputa presidencial, diversos bispos católicos estiveram perto de apoiar o candidato republicano, o senador John McCain, ao afirmar que os católicos de boa fé não votariam em um candidato que favorecesse o direito ao aborto.

    Leia tudo sobre: obama

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG