Autoridades fecham 'maternidade para turistas' na Califórnia

Casa em San Gabriel é suspeita de servir de hospedaria para chinesas que iam aos EUA para ter filhos com cidadania americana

The New York Times |

The New York Times
Foto mostra chinesa com filho recém-nascido em "maternidade para turistas"

Os inspetores prediais e agentes da polícia entraram na pequena vila de casas geminadas em San Gabriel, na Califórnia, sabendo que algo estava errado. Os vizinhos reclamavam do barulho e do vaivém de mulheres grávidas. Quando eles entraram na cozinha, viram uma fileira de berços com várias crianças e uma mulher atuando como sua enfermeira.

Durante meses, segundo as autoridades, a casa serviu de hospedaria para "turistas de maternidade", ou mulheres da China que pagaram milhares de dólares para dar à luz nos Estados Unidos, fazendo com que seus bebês sejam cidadãos americanos. As autoridades fecharam a casa e enviaram 10 mães que estavam morando lá com seus bebês a motéis da região.

"Essas mulheres não viviam na miséria. O local era bem cuidado e limpo, mas havia muitas mulheres e bebês", disse Clayton Anderson, inspetor da cidade que fechou a casa no mês passado. "Eu nunca vi nada como isso antes. Nós realmente não teríamos como determinar o número exato de pessoas que viviam no local”.

No ultimo ano, o debate sobre a cidadania por nascimento se intensificou nos Estados Unidos, com alguns líderes políticos pedindo o fim da emenda 14, que dá cidadania automática para qualquer bebê nascido nos Estados Unidos.

Visto

Grande parte do debate se concentrou nos imigrantes que entram ilegalmente nos Estados Unidos vindos de países pobres da América Latina. Mas neste caso as mulheres não eram apenas relativamente ricas, mas também estavam no país legalmente, com visto de turista. A maioria delas, segundo as autoridades, já retornou para a China com seus bebês.

O Centro de Estatísticas da Saúde estima que cerca de 7.462 partos de estrangeiros ocorreram nos Estados Unidos em 2008, o ano mais recente para o qual existem estatísticas disponíveis. Essa é uma pequena fração dos cerca de 4,3 milhões de nascimentos totais daquele ano.

Especialistas em imigração disseram que podem apenas tentar imaginar porque algumas mulheres chinesas estão tão ansiosas para conseguir passaportes dos Estados Unidos para seus bebês, mas suspeitam que isso aconteça em grande parte como uma espécie de apólice de seguro caso eles precisem deixar seu país. As crianças, quando completarem 21 anos, também poderão pedir a cidadania para seus pais. E o Departamento de Estado, que concede vistos de turista, não pode negar os pedidos de visto simplesmente porque uma mulher está grávida.

The New York Times
Casa suspeita de ser maternidade para turistas chinesas em San Gabriel, na Califórnia
*Por Jennifer Medina

    Leia tudo sobre: euacalifórniachinabebêsmaternidadeturistas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG