Arte chega à terra do divórcio expresso

RENO - Veneza tem sua Bienal. Basel tem sua Semana de Arte. Agora, Reno tem o Motel Nada Dada, um evento artístico despretensioso no qual cerca de 100 artistas pagam pela estadia em hotéis e motéis vintage da cidade e transformam temporariamente os quartos com cheiro nicotina em arte.

The New York Times |

NYT

Hotéis se transformam em palco de artistas

No Nada Dada, se encontra anêmonas marítimas em cerâmica em uma praia simulada em um quarto (uma crítica ao aquecimento global no Hotel El Cortez, por Cindy Gunn) ou lençóis decorados com impressões  de armas em estêncil ("O Show de Armas de Reno", também no El Cortez, por Ann O'Lear).

O evento, que está em seu terceiro ano e foi concluído no domingo, é uma homenagem à herança moteleira obscura de Reno. Ele comemora estabelecimentos como o Ho-Hum, o Hi-Ho, o 777 e o Sandman.

"A efemeridade é muito viva em Reno", disse a fotógrafa Jennifer Garza-Cuen sobre os cerca de 50 motéis que sobrevivem no centro desta cidade de cerca de 210,000 pessoas. "Não há como negar isso". Muitos dos hotéis foram invadidos pelo tráfico de drogas e outras atividades criminosas nos últimos anos.

O Town House Motor Lodge e o El Cortez foram palco do Nada Dada. O evento deste ano atraiu mais de 3,000 visitantes, o que duplicou o público do ano passado.

NYT

Andrea Juillerat posa com vestido que ocupa
o quarto todo do Hotel El Cortez em Reno

Em ambos os lugares, os artistas pagaram o valor normal da diária (cerca de US$150) por quartos que serviram como telas em branco, com suas televisões antigas e seu carpete laranja. Muitos artistas removeram completamente os móveis, transformando o lugar em galerias minimalistas.

O El Cortez foi construído em 1931 para aproveitar as libertárias leis de divórcio do Estado, em uma época na qual milhares de pessoas que queriam desatar o nó fugiam para Nevada.

Motéis vintage fazem parte do cenário local, muitos são da época na qual o divórcio fazia de Reno um paraíso para os turistas.

"O divórcio parece algo estranho do que se orgulhar, mas é parte da atração da cidade", disse Chad Sorg, 36, faxineira e blogueira que foi curadora de duas exposições do Nada Dada.

O conceito Nada Dada (ou, "alugue um quarto e monte sua exposição") veio de Jeff Johnson, 48, que faz arte em neon e acreditava que a falta de galerias na cidade poderia ser uma oportunidade para que os artistas trabalhassem de maneira independente.


Leia mais sobre arte

    Leia tudo sobre: arteexposiçãohotel

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG