Arrombar fechaduras é passatempo legal na Holanda

AMSTERDÃ - As pessoas desta cidade holandesa, conhecida por sua prostituição legal e pelo fáciil acesso à maconha, acharam outro passatempo que flerta com o rompimento das convenções e leis: arrombar fechaduras.

The New York Times |

NYT

Um dos sócios do clube usa ferramentas para mexer em fechadura

Em uma recente noite de quarta-feira, Jos Weyers se sentou com sua lupa diante de uma chave enquanto a moldava pacientemente. Do outro lado da mesa, Jos Meyer estudava uma fechadura comum de uma porta da frente com um jogo de ferramentas que para o resto do mundo pareceria uma coleção de instrumentos ortodônticos.

Weyers, 39, está entre os cerca de 100 membros de um clube holandês chamado Toool, que representa a sigla em inglês para Organização Aberta dos Arrombadores de Fechaduras, dedicado a abrir fechaduras por diversão.

O movimento tem crescido continuamente nos últimos cinco anos e o clube já tem uma filial em Eindhoven, no leste do país, e em outras regiões rurais, além de países estrangeiros, incluindo Alemanha e Estados Unidos.

Meyer não é sócio, mas seu amigo Marco Zuiderveld tem participado há seis anos e ela o acompanha ocasionalmente às reuniões do clube.

"Levou muito tempo, uma hora e meia", disse Meyer, que tem um mercado de flores em Aalsmeer, depois de conseguir vencer sua fechadura. Ela não parecia impressionada quando disse: "Eles disseram que esta era uma fechadura fácil".

Os sócios do clube vêem a abertura de fechaduras como um esporte e organizam competições anuais, uma espécie de Olimpíada das fechaduras, na qual os participantes concorrem em várias categorias - cadeados, fechaduras mecânicas e estilo livre, onde podem enfrentar a fechadura que quiserem com qualquer ferramenta, desde que não a danifiquem.

O próximo torneio acontecerá em maio, em Istambul.

Inicialmente, a polícia holandesa ficou profundamente desconfiada a respeito deste hobby. "A reação deles no princípio era algo como: 'Será que eles são criminosos?'", disse Han Fey, 46, perito em segurança e sócio do clube.

Agora, as autoridades são mais filosóficas. "Não houve nenhum aumento nos arrombamentos", disse Arnout Aben, porta-voz da polícia de Amsterdã, quando questionado sobre a opinião da entidade a respeito do clube.

"Desde a invenção da fechadura, sempre houve pessoas que tentam arrombá-la", ele acrescentou com uma risada. "Portanto não há nada de novo nisso".


Leia mais sobre Holanda

    Leia tudo sobre: competiçãofechaduraholanda

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG