A festa da vitória em imagens http://ultimosegundo.ig.com.br/eleicoeseua/2008/11/05/mccain_parabeniza_obama_pela_vitoria_2096596.html target=_topMcCain parabeniza Obama pela vitória http://ultimosegundo.ig.com.br/eleicoeseua/2008/11/05/bush_cumprimenta_obama_por_noite_fantastica_2096796.html target=_topBush cumprimenta Obama por noite fantástica; veja repercussão http://ultimosegundo.ig.com.br/eleicoeseua/2008/11/04/acompanhe_a_contagem_dos_votos_de_obama_e_mccain_por_estados_2095984.html target=_topAcompanhe em tempo real a contagem de votos http://ultimosegundo.ig.com.br/tempo_real3/ target=_topAcompanhe em tempo real as eleições nos EUA Direto dos EUA: http://colunistas.ig.com.br/fronteiralivre/ target=_toprepórter do iG acompanha a repercussão da vitória de Barack Obama " / A festa da vitória em imagens http://ultimosegundo.ig.com.br/eleicoeseua/2008/11/05/mccain_parabeniza_obama_pela_vitoria_2096596.html target=_topMcCain parabeniza Obama pela vitória http://ultimosegundo.ig.com.br/eleicoeseua/2008/11/05/bush_cumprimenta_obama_por_noite_fantastica_2096796.html target=_topBush cumprimenta Obama por noite fantástica; veja repercussão http://ultimosegundo.ig.com.br/eleicoeseua/2008/11/04/acompanhe_a_contagem_dos_votos_de_obama_e_mccain_por_estados_2095984.html target=_topAcompanhe em tempo real a contagem de votos http://ultimosegundo.ig.com.br/tempo_real3/ target=_topAcompanhe em tempo real as eleições nos EUA Direto dos EUA: http://colunistas.ig.com.br/fronteiralivre/ target=_toprepórter do iG acompanha a repercussão da vitória de Barack Obama " /

Análise: Conseguirá Obama formar um duradouro realinhamento político?

Mesmo quando os democratas conquistaram o controle do Congresso em 2006, Karl Rove manteve a esperança em sua causa, insistindo que uma maioria governante republicana ainda era possível. Se o presidente eleito Barack Obama pôs fim a essa ideia, ele também precisa definir se sua ambição de redesenhar o mapa político irá levar a um realinhamento efêmero ou duradouro. http://ultimosegundo.ig.com.br///multimidia//galeria_de_fotos/2008/11/05/eleicoes_historicas_179158.html target=_topA festa da vitória em imagens http://ultimosegundo.ig.com.br/eleicoeseua/2008/11/05/mccain_parabeniza_obama_pela_vitoria_2096596.html target=_topMcCain parabeniza Obama pela vitória http://ultimosegundo.ig.com.br/eleicoeseua/2008/11/05/bush_cumprimenta_obama_por_noite_fantastica_2096796.html target=_topBush cumprimenta Obama por noite fantástica; veja repercussão http://ultimosegundo.ig.com.br/eleicoeseua/2008/11/04/acompanhe_a_contagem_dos_votos_de_obama_e_mccain_por_estados_2095984.html target=_topAcompanhe em tempo real a contagem de votos http://ultimosegundo.ig.com.br/tempo_real3/ target=_topAcompanhe em tempo real as eleições nos EUA Direto dos EUA: http://colunistas.ig.com.br/fronteiralivre/ target=_toprepórter do iG acompanha a repercussão da vitória de Barack Obama

The New York Times |

Acordo Ortográfico

Os últimos dois presidentes democratas, Bill Clinton e Jimmy Carter, disseram ter remodelado a política eleitoral ao conquistar Estados disputados como Ohio, Missouri e Geórgia com a promessa de um governo do centralizado. Ambos demonstraram rapidamente que não conseguiriam isso: a declaração de Carter de um realinhamento pós-Watergate terminou com um mandato e a perda do Senado em 1980, já Clinton perdeu o Congresso depois de dois anos e viu os republicanos voltarem à Casa Branca em 2000.

Obama logo terá que enfrentar um povo americano em busca de satisfação para suas esperanças e confirmação de mudança enquanto ele terá que lidar com uma gama de problemas que nenhum presidente teve desde Franklin D. Roosevelt. Os democratas irão esperar, em ordem de rapidez, um plano de retirada de uma ou duas brigadas por mês do Iraque, um enorme pacote de estímulo econômico e a reversão da política fiscal do presidente Bush.

AFP
Multidão acompanha emocionada discurso de Obama
Multidão acompanha emocionada discurso de Obama em Chicago

Se Clinton não conseguiu mudar rapidamente o combate Mondale-Dukakis em seu partido e Bush raramente cumpriu sua promessa de ser um "unidor", Obama precisa provar que sua candidatura histórica e carismática não será seu ponto alto. Ele agora precisa mostrar que pode cumprir as promessas que fez sobre uma reforma bipartidária apesar de sua inexperiência na construção de coalizões.

"Se Obama governar no centro, este será o alvorecer de uma maioria democrata", disse Kieran Mahoney, consultora republicana cuja companhia emprega Steve Schmidt, principal assessor de McCain. "Se ele seguir a estratégia de 'base' de Bush, terá uma ascendência similarmente curta".

Os consultores de Obama alertaram que, apesar do sucesso democrata do Ohio ao Novo México, passando pela Virgínia e Flórida, eles não serão consumados pela noção de maioria permanente, por si só.

A capacidade de Obama de manter sua posição até 2012 pode ter implicações históricas: a última vez que três presidentes foram reeleitos consecutivamente foi no primeiro quarto do século 19, quando Thomas Jefferson, James Madison e James Monroe serviram dois termos cada de 1801 a 1825. Uma vez que tanto Clinton quanto George W. Bush foram reeleitos, Obama terá que se mostrar um construtor do partido nos próximos quatro anos e ainda cumprir suas promessas de governar com uma agenda unificada.

Opinião

  • Caio Blinder: Parabéns, presidente Obama
  • Gerald Thomas: Obama é o novo presidente dos EUA
  • Vitória de Obama sinaliza mudança em relações raciais
    • Leia tudo sobre: eleições nos eua

      Notícias Relacionadas


        Mais destaques

        Destaques da home iG