Adolescentes não são os responsáveis pela popularidade do Twitter

Kristen Nagy, 18, de Sparta, Nova Jersey, envia e recebe 500 mensagens de texto por dia. Mas ela nunca usa o Twitter, embora o site publique trechos de conversações e observações semelhantes.

The New York Times |

"Eu acho estranho e não sinto necessidade que todo mundo saiba o que eu estou fazendo todos os segundos da minha vida", ela disse.

Sua relutância em usar o Twitter, um sentimento compartilhado por outros adolescentes da sua faixa etária, não prejudica o serviço de microblogging. Apenas 11% de seus usuários têm entre 12 e 17 anos, de acordo com a comScore.

Ao invés disso, a inédita explosão de popularidade do Twitter foi conquistada por um grupo decididamente mais velho. Este sucesso rompeu com uma ampla convicção de que os jovens conduzem as inovações populares.

"O modelo do adotador precoce tradicional diria que os adolescentes ou estudantes universitários são realmente importantes para a popularidade de um site", disse Andrew Lipsman, diretor de análise do setor pela comScore. Afinal de contas, os adolescentes foram responsáveis pelo crescimento de redes sociais como Facebook, MySpace e Friendster.

O Twitter, no entanto, tem provado que "um site pode suceder dentro de um setor demográfico diferente do esperado e se tornar muito popular", ele disse. "O Twitter tem desafiado o modelo tradicional".

Os adultos foram responsáveis pelo crescimento de muitos websites populares. O YouTube atraiu os jovens adultos e depois cidadãos idosos antes dos adolescentes. A base de usuários inicial do Blogger era composta por adultos e o LinkedIn construiu uma rede social próspera com alvo em profissionais.

Semelhantemente, o Twitter não atraiu os lançadores de tendências no início. Seu crescimento veio através dos adultos que podem não ter usado outros sites sociais antes do Twitter, disse Jeremiah Owyang , analista do setor que estuda mídias sociais. "Os adultos têm alcançado o que os adolescentes fazem há alguns anos", ele disse.

Muitos jovens que usam o Facebook desde que começaram a usar a internet e para quem o envio de mensagens de texto é seu principal método de comunicação, dizem que simplesmente não têm necessidade de usar o Twitter.

Leia mais sobre Twitter

    Leia tudo sobre: internetjovenstwitter

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG