De família democrata, mulher de Ryan é um dos rostos do Partido Republicano

Janna Ryan abandonou a carreira de lobista e a ideologia de seus familiares para se casar com Paul Ryan, vice de Romney na disputa pela Casa Branca

NYT |

NYT

Sua união não era necessariamente algo que amigos e familiares haviam previsto. Ela era de uma proeminente família democrata e se envolveu com causas liberais durante seus anos de faculdade em Wellesley, chegando a viajar para Washington para marchar pelos direitos das mulheres. Ele, um congressista republicano, trabalhava para ajudar a sustentar sua família desde que era adolescente e ficou conhecido por seus pontos de vista profundamente conservadores.

Leia também:  Saiba mais sobre Paul Ryan, vice de Romney

Por isso foi um tanto surpreendente quando Janna Little, uma popular lobista no Capitólio, e Paul D. Ryan, deputado de Wisconsin que saía com instrutoras de aeróbica de sua academia, se entenderam. Eles se conheceram em uma festa, começaram a namorar e se casaram no inverno de 2000.

NYT
Paul e Janna Ryan participam de comício em Manassas, na Virgínia (11/08)

"Foi algo muito importante na época", disse o deputado Tom Cole, de Oklahoma, republicano que é um amigo de longa data da família Little, eleito no distrito predominantemente rural onde Janna Little Ryan cresceu. "Certos valores transcendem a política."

Hoje, Janna Ryan, 43, é um dos rostos públicos do Partido Republicano, casada com um candidato a vice-presidente com pontos de vista rigorosos sobre o aborto e os cortes de gastos de programas de benefício social. É um caminho não convencional para uma mulher da realeza do Partido Democrata em Oklahoma, que desistiu de sua carreira como lobista em Washington para se tornar esposa e mãe em Janesville, Wisconsin, à medida que seu marido construía sua carreira como líder ideológico de seu partido no Congresso.

Amigos disseram que Janna Ryan escolheu o caminho de sua vida política com um senso de propósito, e eles a descrevem como sendo uma "conservadora prática" hoje em dia, mesmo que tenha sido democrata em certa época de sua vida.

Hoje ela adota um papel público, mas já pareceu se sentir desconfortável sendo o centro das atenções. No comício no qual Mitt Romney declarou publicamente sua escolha por Paul Ryan como seu companheiro na disputa, Janna Ryan recusou o convite para falar depois de Ann Romney.

Trajetória

Ela não é, no entanto, alguém que evitou se afirmar. Janna Ryan é advogada especialista em impostos, e antes de se casar trabalhou com assuntos governamentais de prestígio e empresas de contabilidade como lobista, representando alguns dos maiores nomes em uma variedade de indústrias, incluindo a Blue Cross/Blue Shield, Novartis e Pesquisadores e Fabricantes Farmacêuticos dos Estados Unidos.

Hoje, sua identidade pública é representativa do que ela tem sido nos últimos doze anos: uma mãe tentando criar três filhos em sua casa de tijolos.

Embora não tenha sido o centro das atenções até agora, a política nacional não é novidade para Janna Ryan, que é prima do deputado Dan Boren, de Oaklahoma, filho de um ex-senador e governador, David L. Boren.

Professores de Janna Ryan a descreveram como sendo interessada pela justiça social e pelo mundo ao seu redor. Ela pertencia à sociedade de arte e música de Wellesley e passou a primavera de 1990 estudando em Córdoba, Espanha, para aprimorar seu espanhol e explorar outras regiões da Europa.

Depois de se formar na Faculdade de Direito da Universidade de George Washington e de ter trabalhado no Capitólio para um amigo da família, o deputado Bill Brewster, Janna Ryan ganhou uma reputação de ser inteligente e sociável. Paul Ryan a havia admirado de longe, disse Mark A. Neuman, um amigo em comum que apresentou o casal na festa de aniversário de 30 anos de Janna.

Neuman concordou em apresentá-los, disse, porque achava que os dois se dariam bem. Segundo ele, ambos eram "pessoas sofisticadas que partilhavam os valores de uma pequena cidade americana".

Uma expressão usada com frequência quando os amigos descrevem Janna Ryan é "pé no chão." Embora os Ryans sejam ricos, com ativos que foram avaliados no ano passado entre US$ 2 milhões e US$ 7,8 milhões, a família não é conhecida por grandes manifestações de riqueza.

Rachel Clark, colega de quarto de Janna na faculdade, disse que ela "sempre foi muito querida" e a descreveu como sendo - sim, mais uma vez - " pé no chão"

Além disso, no entanto, Clark disse que ela consegue distinguir claramente o traço da personalidade de Janna Ryan que a tem impulsionado pela vida.

"Ela tem uma confiança e força que lhe permitem pensar profundamente e por si mesma", disse Clark, "ao ser ao mesmo tempo respeitosa e cortês com pessoas que possam discordar dela".

*Por Susan Saulny e Christine Haughney

    Leia tudo sobre: euaeleição nos euaryanromneymulherjanna

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG