Celebridades americanas desistem do Twitter

Após tentar abandonar rede social em caso de gafes e comentários negativos, no entanto, alguns famosos não resistem e voltam para a plateia virtual

The New York Times |

O ator Charlie Sheen não construiu sua reputação ficando quieto. Então, quando anunciou na semana retrasada que havia decidido parar de utilizar o Twitter, os tabloides perderam o que parecia ser uma fonte inesgotável de assunto para seus artigos.

Microblogging: 'Vencedor desempregado', Charlie Sheen abre conta no Twitter

E Sheen não estava sozinho nessa decisão. Só neste mês, Alec Baldwin e a cantora britânica Lily Allen também anunciaram que iriam abandonar suas contas pessoais no Twitter, pelo menos por um tempo.

Isso levanta a seguinte questão: será que as celebridades começaram a perceber que o Twitter está expondo demais aquilo que pensam e escrevem?

NYT
Charlie Sheen, que anunciou sua saída do Twitter, conseguiu quase 1 milhão de seguidores no primeiro dia

Normalmente, celebridades costumam usar assistentes e profissionais de relações públicas para protegê-las dos fãs e de si mesmas. Mas a capacidade do Twitter de conectá-las diretamente com seu público se tornou a melhor escolha para anunciarem tudo o que pensam. Em outras palavras, gafes públicas se tornaram mais comuns.

"O ato de compartilhar suas vidas online, muitas vezes, dá errado e abre espaço para comentários negativos. E isso é muitas vezes algo difícil para as celebridades", disse Seth Meyers, psicólogo de Los Angeles que atende várias celebridades. "Elas desistiram de usar o Twitter ou seu agente lhes disseram que precisam parar de usar essa ferramenta pelo bem de sua carreira."

A conta do Twitter de Sheen se tornou uma força cultural própria. Ele chegou a quase 1 milhão de seguidores em seu primeiro dia no Twitter em março de 2011 e animou o vocabulário da rede social com hashtags como #winning e #tigerblood. Sua última publicação no Twitter foi algo como sempre incomum: "O céu é o limite. Fiquem bem. C deixou a sala." Desde então, ele vem dizendo que a conta nunca foi ideia sua.

Gafes

Celebridades muitas vezes desistem de usar o Twitter porque cometrem algum tipo de gafe: Courtney Love saiu do Twitter várias vezes, uma delas logo após ter publicado fotos reveladoras de si mesma. Após um tweet mal informado sobre o escândalo da Penn State University, Ashton Kutcher entregou a "gestão" de sua conta com cerca de 11,5 milhões de seguidores para a Rede Katalyst, uma empresa de mídia da qual é cofundador, "como medida editorial secundária", como ele mesmo explicou em seu blog.

Mas mesmo quando desistem de suas contas, muitas celebridades deixam o Twitter apenas para descobrir que não conseguem ficar sem a ferramenta. Para Baldwin e Allen, essa foi a sua segunda tentativa de parar de atualizar a rede social. Baldwin não deu nenhuma explicação, twittando simplesmente que "Foi divertido". O mais recente hiato de Allen durou apenas algumas horas.

Nicki Minaj, Chris Brown, John Mayer, Miley Cyrus e muitos outros fizeram o mesmo - Mayer indicou que voltou à rede devido à "demanda popular."

O ator James Franco parou de usar o Twitter por um tempo devido a um atrito corporativo causado por algumas de suas excêntricas publicações. Um certo tempo depois, ele voltou a utilizar o Twitter, reservando suas publicações estritamente para sua autopromoção profissional.

"Eu pensava: 'Este é o meu Twitter. Eu posso fazer o que eu quiser nele'", disse ao site Politico em abril de 2011. "Mas algumas empresas para as quais eu trabalho entraram em contato comigo para me alertar sobre o que eu estava dizendo."

Meyers observou que a vida como uma celebridade muitas vezes cria narcisistas, "que usam o Twitter" porque "precisam de constante feedback de outras pessoas para alimentar a imagem grandiosa que têm de si mesmos."

Essa necessidade cria um hábito difícil de largar. "Algumas celebridades", segundo ele, "voltam para o Twitter porque precisam da atenção e da plateia."

*Por Austin Considine

    Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG