Vida extravagante de filho agrava declínio de político da China

Autoridades do Partido Comunista irritam-se com estilo de vida de Bo Guagua, cujos pais Bo Xilai e Gu Kailai são investigados por corrupção e assassinato

The New York Times |

Como neto de grandes revolucionários, Bo Guagua desfrutou do prestígio e privilégio que recebe a "aristocracia vermelha" da China.

The New York Times
Bo Guagua, estudante de Harvard, caminha para sua residência em Cambridge, Massachusetts, em 12/4. Seus pais foram detidos na China por suposta corrupção e assassinato
Depois de uma infância mimada, vivida entre as paredes da capital chinesa, ele terminou sua formação escolar na Inglaterra, onde desenvolveu sua reputação de bon vivant. Ali, ficou famoso por ser academicamente indiferente, além de ter um fraco por carros esportivos europeus, viagens de primeira classe, esportes equestres e tango.

As extravagâncias de Guagua, que ficaram famosas nas redes sociais da China nos últimos anos, prejudicaram ainda mais seu pai, Bo Xilai , que enfrenta acusações de corrupção e abuso de poder, e sua mãe, Gu Kailai , acusada de assassinar um empresário britânico que era próximo de seu filho.

Punição: China afasta Bo Xilai da direção do Partido Comunista

Crise: Após afastamento de Bo Xilai, China vive drama em sucessão política

Apesar de membros do Partido Comunista afirmarem que foi o reinado populista de Bo Xilai no município de Chongqing que finalmente o derrubou, a vida levada por Bo Guagua deixava muitos líderes partidários tão visivelmente irritados que eles indiciaram o filho, um estudante de 24 anos, atualmente em Harvard, na declaração oficial de sua queda do poder.

"Se você é discreto, eles olham para o outro lado", afirmou um ex-oficial do governo. "Mas o comportamento de Guagua era ultrajante para os padrões chineses. Ele foi visto urinando em uma cerca em Oxford e beijando meninas estrangeiras. Tudo isso é muito ruim na China."

Com seus pais na cadeia, Guagua tem constatado que o nome de sua família, que o serviu tão bem ao longo dos anos, tornou-se uma enorme pedra em seu caminho. Já que a investigação de corrupção pode implicá-lo, é improvável que ele retorne para a China em breve.

Apesar de sua ostensiva bravura, amigos dizem que Guaga sabe perfeitamente que na China os benefícios de um sobrenome ilustre podem na verdade ser prejudiciais. Seu avô Bo Yibo foi um herói revolucionário, mas isso não impediu os problemas que levaram a ele e grande parte de sua família para a cadeia.

"Nunca conheci minha avó porque ela foi perseguida até a morte durante a Revolução Cultural", disse em um discurso na Universidade de Pequim em 2009.

Em uma entrevista para o Youth Weekend, um jornal estatal chinês, ele refletiu sobre outros desafios do seu pedigree.

"Quando me saio bem, é naturalmente por meio dos meus próprios esforços. Quando faço algo de errado, deveria arcar com as consequências do que faço, e a culpa não deve cair sobre meus pais", disse. "Embora tenha plena consciência de que meu pai é um bom homem, não quero viver na sua sombra."

*Por Andrew Jacobs e Dan Levin

    Leia tudo sobre: chinabo xilaipartido comunista chinêsGu KailaiBo Guagua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG