Nuvens de vulcão afetam receita da indústria europeia de aviação

Por Greg Roumeliotis AMSTERDÃ (Reuters) - As companhias aéreas e as operadoras de aeroportos europeias informaram que estão perdendo milhões de euros por dia, enquanto se acredita que a proibição ao tráfego aéreo em razão da erupção vulcânica na Islândia deva prosseguir no fim de semana.

Reuters |

A Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata) disse na sexta-feira que, no nível atual de interrupção, as companhias aéreas deveriam perder receitas de 200 milhões de euros por dia. Elas também enfrentam custos adicionais de reprogramação das rotas das aeronaves e de assistência aos passageiros em dificuldades, informou a associação.

A companhia aérea holandesa KLM, parte da franco-holandesa Air France-KLM, espera prejuízos de entre 5 e 10 milhões de euros por dia em razão da paralisação, disse o diretor executivo da KLM, Peter Hartman, à ANP-Reuters.

A precipitação atingiu as ações das companhias aéreas na sexta-feira, com Lufthansa, British Airways, Air Berlin, Air France-KLM, Iberia e Ryanair em queda de entre 1,3 e 2,2 por cento.

Os aeroportos também estão sendo atingidos. Um porta-voz da empresa alemã que administra aeroportos Fraport disse que apenas o fechamento do aeroporto de Frankfurt custaria à companhia entre 2,5 milhões e 3 milhões de euros por dia com base nas estimativas iniciais.

Na França, a operadora aeroportuária controlada pelo Estado Aeroports de Paris (ADP) enfrenta perdas de 5 milhões de euros por dia ou mais, afirmaram analistas.

"Se a nuvem vulcânica continuar a atrapalhar as operações do aeroporto de Paris por mais de 48 horas, então será impossível compensar pelo tráfego perdido", disse um analista baseado em Paris, que pediu para não ser identificado.

"Aí a ADP poderia perder quase dois dias de receitas, o que significam 10 milhões de euros ou 5 milhões de euros por dia", completou o analista.

A ADP não quis fazer comentários.

Cerca de 17 mil voos devem ser cancelados na sexta-feira em razão dos perigos da cinza vulcânica oriunda da Islândia, disseram autoridades da aviação. Aeroportos na Grã-Bretanha, na França, na Alemanha e por toda a Europa ficariam fechados até no mínimo sábado.

(Reportagem de Laura MacInnis em Genebra, Matthias Blamont em Paris e Angelika Gruber em Frankfurt)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG