A Agência Espacial Europeia (ESA) divulgou na segunda-feira (12) a imagem infravermelha de uma formação de estrelas na nebulosa Rosette, que fica a cinco mil anos luz de distância da Terra.

A nebulosa está associada a uma nuvem de gás e poeira grande o suficiente para formar dez mil estrelas. Os pontos mais iluminados são estrelas em formação, que podem chegar a ter dez vezes a massa do Sol. Os pontos menores, vistos no centro e nas regiões avermelhadas da imagem, são estrelas consideradas menores dentro da nebulosa, mas que podem vir a ficar do tamanho do Sol.


Pontos claros na nuvem da Rosette são estrelas em formação (Foto: ESA)

A imagem foi captada pelo telescópio espacial Herschel, lançado em maio de 2009. É a primeira vez que astrônomos conseguem observar com detalhes essas "mega-estrelas" ainda nascentes. Com essas imagens, os cientistas esperam entender melhor o processo de formação de estrelas em outras partes do Universo.

Leia mais sobre: Nebulosas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.