BRUXELAS (Reuters) - A área afetada pelas cinzas vulcânicas da Islândia deve avançar para o noroeste na tarde desta terça-feira, atravessando a península Ibérica para o sudeste da França, informou a agência de controle do tráfego aéreo europeu, Eurocontrol.

As cinzas se movimentarão em altas altitudes e não devem afetar os aeroportos, disse a Eurocontrol.

" /

BRUXELAS (Reuters) - A área afetada pelas cinzas vulcânicas da Islândia deve avançar para o noroeste na tarde desta terça-feira, atravessando a península Ibérica para o sudeste da França, informou a agência de controle do tráfego aéreo europeu, Eurocontrol.

As cinzas se movimentarão em altas altitudes e não devem afetar os aeroportos, disse a Eurocontrol.

" /

Nuvem de cinzas avança para sudeste da França

BRUXELAS (Reuters) - A área afetada pelas cinzas vulcânicas da Islândia deve avançar para o noroeste na tarde desta terça-feira, atravessando a península Ibérica para o sudeste da França, informou a agência de controle do tráfego aéreo europeu, Eurocontrol.

As cinzas se movimentarão em altas altitudes e não devem afetar os aeroportos, disse a Eurocontrol.

Reuters |

BRUXELAS (Reuters) - A área afetada pelas cinzas vulcânicas da Islândia deve avançar para o noroeste na tarde desta terça-feira, atravessando a península Ibérica para o sudeste da França, informou a agência de controle do tráfego aéreo europeu, Eurocontrol.

As cinzas se movimentarão em altas altitudes e não devem afetar os aeroportos, disse a Eurocontrol.

A nuvem de cinzas estava afetando as regiões sul e central da Espanha assim como Portugal, inclusive as Ilhas Canárias e da Madeira, disse a agência em comunicado.

Todos os aeroportos das Ilhas Canárias, exceto Las Palmas, permaneceram fechados na manhã desta terça-feira, assim como alguns aeroportos no Marrocos.

No entanto, as áreas de alta concentração de cinzas em grandes altitudes no meio do Atlântico Norte estavam dispersando, facilitando a situação antes complicada, para os voos transatlânticos, disse a Eurocontrol.

A agência também disse que esperava cerca de 29 mil voos nesta terça-feira, próximo do normal nesse período do ano. Na segunda-feira, foram 29.155 voos.

Segundo o Ministério de Transportes do Marrocos, alguns aeroportos do país ficaram fechados nesta terça-feira enquanto uma nuvem se aproximava do noroeste da África.

(Reportagem de Ben Deighton e Antonia van de Velde)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG