Números oficiais dão vitória ao PRI em eleições no México

México, 11 jul (EFE).- Os números oficiais do Instituto Federal Eleitoral (IFE) confirmaram hoje a vitória contundente do opositor Partido Revolucionário Institucional (PRI), em 184 dos 300 distritos eleitorais federais das eleições realizadas no México, no dia 5 de julho.

EFE |

No domingo passado, quase 35 milhões de mexicanos, dos 77 milhões registrados na lista eleitoral, votaram para 500 deputados federais, 300 em votação direta e 200 de representação proporcional.

Além disso, novos governadores foram eleitos em seis estados, em 11, os congressos locais e 549 Prefeituras foram renovados e 66 deputados da capital e 16 delegações (Prefeituras menores) no Distrito Federal foram eleitos.

O IFE concluiu hoje a contabilização dos votos nos 300 distritos, nas quais o Partido Ação Nacional (PAN), que governa o México desde 2000, ganhou 70 postos e o Partido da Revolução Democrática (PRD) obteve 39 cadeiras, enquanto o Partido Verde Ecologista do México (PVEM) ficou com quatro e o Partido do Trabalho (PT) com três.

O IFE também decidirá amanhã a distribuição dos 200 deputados por representação proporcional, embora, segundo os cálculos, o PAN poderia receber 73 novas cadeiras; o PRI, 53; PRD, 32; PVEM, 18; PT, 10, o Partido Nova Aliança (Panal), 8; e o Convergência, 6.

Os resultados oficiais foram muito similares aos divulgados pelo sistema de resultados eleitorais preliminares, com 12,8 milhões de votos para o PRI, 9,7 milhões ao PAN, 4,2 do PRD, 2,3 para o PVEM, 1,1 para o Panal e 855 mil para o Convergência.

No domingo passado 34,7 milhões de mexicanos foram às urnas, número que representou 44,6% da lista de eleitores, registrando uma abstenção de mais de 55%. EFE jrm/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG