criminoso Obama - Mundo - iG" /

Número dois da Al-Qaeda pede rejeição de criminoso Obama

DUBAI - O segundo homem no comando da Al-Qaeda pediu aos egípcios que rejeitem uma visita do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, ao Egito, durante a qual ele pretende enviar uma mensagem aos muçulmanos.

Redação com agências internacionais |


Ayman al-Zawahri, um líder militante egípcio, descreveu Obama como "criminoso" e disse que a mensagem que o presidente norte-americano quer enviar aos muçulmanos "já foi recebida (por meio) de uma sangrenta campanha contra muçulmanos em Swat", no Paquistão.

"Suas mensagens sangrentas foram recebidas e estarão sempre sendo recebidas pelos muçulmanos, e elas não poderão ser mascaradas por operações de relações públicas ou por visitas ridículas e palavras elegantes", acrescentou Al-Zawahiri, em declaração divulgada em um site islâmico que tem ligações com a Al-Qaeda.

Nesta terça-feira, em entrevista exclusiva à BBC, Obama disse que houve muitos "mal entendidos" nas relações entre os Estados Unidos e países muçulmanos, mas que é hora de superar isso e iniciar um "diálogo aberto". 

O presidente dos EUA deve chegar à Arábia Saudita na quarta-feira, na primeira etapa de sua viagem pelo Oriente Médio e a Europa.

Ele segue para o Egito no dia 4 de junho, onde deverá fazer o discurso sobre as relações americanas como mundo árabe, antes de viajar para a Europa para os eventos que marcam o 65º aniversário do Dia D - o dia em que as tropas aliadas invadiram a Normandia, na França ocupada, marcando o início da reação que levou à derrota dos nazistas na Segunda Guerra.

(Com informações da Reuters, da AFP e da BBC Brasil)

Leia mais sobre Al-Qaeda

    Leia tudo sobre: al qaedaal-qaeda

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG