Número dois da Al-Qaeda afirma que Obama não mudou nada

O número dois da rede terrorista Al-Qaeda, Ayman al-Zawahiri, afirma em um vídeo que o presidente americano, Barack Obama, não mudou nada na percepção dos muçulmanos sobre os Estados Unidos, em um vídeo divulgado na internet.

AFP |

"O novo presidente Obama não mudou nada na imagem dos Estados Unidos", afirma no vídeo, descoberto pelo Centro Americano de Vigilância de Site Islamitas (SITE).

"Os Estados Unidos continuam assassinando muçulmanos na Palestina, Iraque e Afeganistão", completa.

"Os Estados Unidos roubam suas fortunas, ocupam sua terra e apoiam o roubo, a corrupção e os governantes traidores em seus países. Em consequência, o problema não acabou. Pelo contrário, tudo indica que vai piorar e crescer".

Segundo o SITE, Zawahiri insistiu que o governo de Obama executa a mesma política do antecessor, George W. Bush.

"Os Estados Unidos apareceram com outro rosto, com a ideia de nos enganar; um rosto que pede mudança, mas com a ideia de nós mudarmos, para que abandonemos nossas crenças e direitas, sem que eles mudem seus crimes, agressões, roubos e escândalos", afirmou.

Zawahiri também afirmou que a nova política de Obama para o Afeganistão terminará em derrota.

Obama anunciou o envio de 21.000 soldados adicionais ao Afeganistão, que podem ganhar o reforço de mais 10.000 no segundo semestre. A força internacional liderada pela Otan tem atualmente 62.000 soldados de 42 países no território afegão.

Zawahiri declarou ainda que apenas a Jihad, Guerra Santa, libertará os palestinos e pediu a adesão dos muçulmanos ao movimento, assim como ajuda financeira.

mk/ml

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG