Número de sequestros no México dobrou em 2008, diz jornal

México, 5 abr (EFE).- A média diária de sequestros no México durante 2008 foi de 2,8, índice duas vezes maior que o de anos anteriores, noticiou hoje o jornal Reforma.

EFE |

Com base em informações oficiais, a publicação diz que, entre 2002 a 2007, a média de sequestros no México foi de aproximadamente 1,4 ao dia.

Durante 2008, foram cometidos 1.028 sequestros no México, o que representa aumento de 90% em relação aos últimos sete anos.

Segundo declarou ao "Reforma" o presidente do Conselho Cidadão para a Segurança Pública e a Justiça Penal, José Antonio Ortega, pelo menos 69 casos de sequestro terminaram em assassinato no ano passado.

Além disso, dados da Comissão Nacional de Direitos Humanos mexicana dizem que apenas um em cada quatro sequestros é denunciado.

Mesmo assim, as queixas por este delito aumentaram em 45% nos últimos cinco anos, segundo informações oficiais.

Informações extraoficiais dizem que apenas 26 % das investigações de sequestros são concluídas.

Atualmente, o sequestro vai é o tipo de crime que mais assusta a população mexicana. Até mesmo cidadãos de classes média e baixa têm sido alvo deste delito. EFE jrp/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG