Número de mortos por terremoto na China chega a 400

Pelo menos 400 pessoas morreram e cerca de oito mil estão feridas em decorrência do terremoto de magnitude 7,1 na escala Richter que atingiu nesta quarta-feira a província ocidental chinesa de Qinghai, informou a agência oficial de notícias Xinhua.

EFE |

O terremoto aconteceu às 7h49 locais (20h49 de terça em Brasília), segundo a Administração Chinesa de Terremotos. O epicentro do abalo foi no distrito de Yushu, na Província autônoma tibetana do mesmo nome, com uma profundidade de 33 quilômetros.

De acordo com um porta-voz do serviço de emergências da região, "pode haver mais vítimas, pois era tarde e as pessoas estavam em suas casas".

"Tudo destruído"

Muitas casas feitas de barro e madeira ruíram, afirmou Gasong Nima, correspondente de um canal de TV local. "Em um instante, as casas foram abaixo. Foi um terrível terremoto", disse Nima.

"Em um pequeno parque, há uma torre budista que teve seu topo totalmente destruído. Todos estão na rua, em frente de suas casas, tentando encontrar familiares", disse o correspondente.

A "Rádio China" afirma que 90% das casas da cidade de Jiegu, uma das zonas mais afetadas pelo terremoto, e onde se encontra a sede do governo provincial, ficaram destruídas.

Leia mais sobre terremoto

    Leia tudo sobre: terremoto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG