Número de mortos por gripe suína no México sobe para 121

México, 9 jul (EFE).- O número de mortos pela gripe suína no México subiu para 121, com o registro de mais dois óbitos, informaram hoje fontes oficiais, que confirmaram 11.

EFE |

699 casos da doença no país.

Num relatório anterior sobre a epidemia no país, a Secretaria (ministério) de Saúde havia anunciado 119 mortes pela nova gripe e 8.909 casos de contaminação pelo vírus AH1N1.

Ontem, o ministro da Saúde, José Ángel Córdova, visitou o estado de Chiapas, uma das duas regiões do país, junto com Iucatã, onde uma série de novos casos foi registrada nos últimos dias.

Córdova afirmou que, "felizmente, em ambos os estados, a situação já está controlada", graças à intervenção das equipes médicas locais e das brigadas enviadas à região pelo Governo federal.

Segundo o ministro, as recentes mortes ocorridas em Chiapas foram de doentes que não buscaram o devido socorro nos hospitais e que tinham histórico de obesidade e diabetes, o que dificultou o tratamento.

Nos 32 estados mexicanos já foram registrados casos da gripe. As regiões em que a incidência da doença é maior, de acordo com Córdova, são: Cidade do México (centro), Iucatã (sudeste), Chiapas (sudeste), Veracruz (leste), Tabasco (sudeste), Jalisco (oeste) e San Luis Potosí (centro). EFE rac/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG