Número de mortos por cólera no Zimbábue ultrapassa 1.000

GENEBRA (Reuters) - A epidemia de cólera no Zimbábue continua a se espalhar e já matou 1.111 pessoas entre os 20.581 casos registrados desde agosto, informou a Organização das Nações Unidas na quinta-feira.

Reuters |

Os novos dados do Escritório das Nações Unidas para a Coordenação de Assuntos Humanitários (OCHA, na sigla em inglês), incluíam um novo surto na cidade de Chegutu, em Mashonaland Ocidental, a leste de Harare, onde mais de 378 casos e 121 mortes foram registrados, informou o órgão em comunicado.

Leia mais sobre: cólera

(Reportagem de Stephanie Nebehay)

    Leia tudo sobre: zimbábue

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG