BAGDÁ (Reuters) - O número de soldados norte-americanos e civis iraquianos mortos em ataques em janeiro caiu para o menor nível desde que os Estados Unidos lideraram a invasão do país, em 2003, mostraram dados neste sábado. Os dados do governo iraquiano mostraram que 138 civis foram mortos em janeiro, menos que os 238 mortos em cada um dos meses de dezembro e outubro --que, até então, eram os períodos de menos mortes.

Quatro soldados norte-americanos morreram em combate este mês, também o menor número desde março de 2003, segundo o site www.icasualties.org, que contabilizar dados oficiais.

(Por Michael Christie)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.