Número de mortos no Iraque cresceu 50% em março

O número de mortos no Iraque no mês de março aumentou 50% em comparação com o mês anterior, segundo estimativas do governo iraquiano. De acordo com os dados, 1.

BBC Brasil |

082 iraquianos, incluindo 925 civis, morreram vítimas de atentados a bomba e confrontos entre insurgentes e tropas iraquianas. Em fevereiro, o número de baixas foi de 721.

Ainda segundo as autoridades iraquianas, o mês de março ainda registrou um aumento no número de ataques a bomba e confrontos entre milícias xiitas e forças do governo.

O balanço aponta que 102 policiais e 54 soldados morreram em choques com insurgentes. Em fevereiro, esse índice foi de 65 e 20, respectivamente.

Golpe
O número de mortos no Iraque chegou a atingir 1,8 mil em agosto de 2007 e foi reduzido para 540 em janeiro de 2008, quando os Estados Unidos enviaram mais tropas ao país. Desde então, o índice vem crescendo.

Analistas afirmam que os dados serão um golpe para os governos iraquiano e americano, que vinham divulgando uma diminuição na violência.

Os confrontos entre as milícias xiitas ligadas ao clérigo Moqtada al-Sadr e as forças iraquianas, iniciados na terça-feira passada, contribuíram para o aumento no número de mortos.

Depois de cinco dias de combates, o clérigo anunciou um cessar-fogo que levou o governo iraquiano a suspender um toque de recolher imposto na capital iraquiana na quinta-feira passada.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG