Número de infectados pelo HIV duplicou na Europa entre 2000 e 2007

Copenhague, 1 dez (EFE).- A porcentagem de população infectada pelo HIV na Europa quase duplicou entre 2000 e 2007, ao passar de 40 para 76 casos por milhão de pessoas, informou hoje o Escritório Regional para a Europa da Organização Mundial da Saúde (OMS).

EFE |

Cerca de 49 mil novos casos de infecção pelo HIV foram diagnosticados em 2007 em 49 dos 53 países da região, com Estônia, Ucrânia, Portugal e Moldávia à frente da lista, segundo um relatório divulgado hoje por este organismo com sede em Copenhague, no qual não há dados sobre Áustria, Itália, Mônaco e Rússia.

Os casos de aids no ano passado subiram para 5.244, de acordo com o relatório, que indica que o HIV é um "grande problema" de saúde na Europa.

Dos casos de HIV detectados em 2007, 26.279 correspondem a países da União Européia (UE) e da Associação de Livre-Comércio Européia (EFTA), com Estônia, Portugal e Letônia na frente, enquanto Eslováquia, República Tcheca e Romênia ocupam os últimos lugares.

A principal forma de transmissão do HIV nesta região é o sexo entre homens, seguido pelo contato heterossexual.

Na Europa do Leste, a principal causa é, por outro lado, o uso de drogas injetáveis.

O relatório indica também que 38 dos 53 países-membros da zona européia da OMS proporcionam tratamento anti-retroviral a mais de 75% das pessoas com HIV que precisam. EFE alc/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG