Número de crianças mortas em incêndio no México sobe para 38

Por Anahí Rama e Alonso Castillo HERMOSILLO, México (Reuters) - Um incêndio numa creche no Estado mexicano de Sonora matou 38 crianças e deixou outras 15 gravemente feridas e com pouca possibilidade de sobreviver à tragédia.

Reuters |

A maioria das crianças, de entre quatro meses e três anos de idade, morreu intoxicada pela fumaça na creche ABC da cidade de Hermosillo, capital de Sonora, localizada a 250 quilômetros da fronteira com os Estados Unidos. O incêndio começou num prédio vizinho e os poucos adultos que estavam na creche não conseguiram retirar as crianças a tempo.

O secretário de Saúde estatal, Raymundo López, disse que 23 crianças estavam hospitalizadas, além de quatro dos seis adultos que tomavam conta delas, incluída a diretora da unidade.

Das crianças internadas, 15 "estão bastante graves... infelizmente a vida delas corre risco nas próximas horas", disse López a jornalistas. Algumas crianças estavam em morte cerebral, já os adultos estavam fora de perigo.

Algumas crianças foram levadas a hospitais especializados em queimaduras de Guadalajara e na Califórnia.

(Reportagem adicional de Noel Randewich na Cidade do México)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG