Número de casos de dengue na Argentina ultrapassa os 18 mil

BUENOS AIRES (Reuters) - Os casos de dengue aumentaram na Argentina, chegando a quase 20 mil infectados, em meio a uma campanha nacional de combate à doença que já provocou quatro mortes. O total de casos oficialmente registrados pelo Ministério da Saúde chegou a 18.299, dos quais 17.856 foram infectados na região onde vivem e outros 443 em lugares diferentes.

Reuters |

Os números mostram um acentuado crescimento ante os 7.500 casos registrados em 7 de abril, especialmente em relação às 3.500 infecções registradas em todo o período de 1997 a 2008.

A província da região norte de Chaco, com 9.237 casos, concentra o maior volume de infectados, seguida por Catamarca, também ao norte do país, com 5.630 infectados e Salta, com 1.796.

O vírus é transmitido pelo mosquito Aedes Aegypti.

O governo tem realizado contínuas atividades de fumigação em todo o país.

As vendas de repelentes aumentaram após o surto de dengue, o que levou à escassez do produto em algumas regiões do país enquanto as empresas fornecedoras multiplicam os esforços para aumentar a produção.

O governo intensificou a propaganda em jornais, rádios e televisão, à medida que os funcionários de Saúde das províncias buscam difundir as medidas para prevenir a propagação da doença.

A dengue aparece em populações que vivem em condições precárias, favorecendo a proliferação do mosquito transmissor.

O vírus afeta principalmente o Brasil e a Bolívia.

(Reportagem de Lucas Bergman)

REUTERS AA NN

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG