Número de casos da gripe nos EUA sobe para 642

Washington, 6 mai (EFE).- Os Estados Unidos registraram até agora 642 casos de gripe suína em 41 estados do país e duas mortes, ambas no estado do Texas, informou hoje o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês) em seu último relatório.

EFE |

Os novos dados representam um aumento de 59,3% frente às 403 ocorrências registradas até ontem em 38 estados americanos.

Esse aumento não corresponde necessariamente a novos casos, mas sim à atualização da base de dados.

A gripe fez ontem sua segunda vítima fatal nos EUA, uma mulher do Texas que se tornou a primeira americana a morrer por causa da doença, já que a outra morte, também neste estado, foi de um bebê mexicano de 23 meses de idade.

Segundo o boletim do CDC, atualizado diariamente às 12h de Brasília, o estado de Illinois superou o de Nova York no número de pessoas afetadas pelo vírus da gripe ao registrar 122 casos.

Este estado registra um aumento considerável de casos da gripe, já que até ontem havia 82 ocorrências confirmadas.

Nova York ocupa o segundo lugar na lista de estados mais afetados pela gripe, com 97 casos.

Em seu boletim, o CDC diz que o vírus da doença continua a se espalhar pelos EUA e que são esperados "mais casos, mais internações e mais mortes" por causa da doença nos próximos dias e próximas semanas.

"O CDC continuará tomando medidas agressivas para responder à propagação deste foco", afirmou.

O centro também explicou que já distribuiu os testes para o diagnóstico do vírus em todos os estados dos EUA e em Porto Rico.

EFE cae/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG