Número de ataques no Iraque reduzido a níveis de 2003 (Exército dos EUA)

O número de ataques no Iraque registrou seu nível mais baixo desde os primeiros meses da invasão americana ao país em 2003, anunciou nesta quarta-feira um porta-voz do Exército americano.

AFP |

"Os ataques estão em seu nível mais baixo desde agosto de 2003", declarou à imprensa, em Bagdá, o general David Perkins, assegurando que retrocederam 90% em relação a junho de 2007, quando chegaram ao auge.

"Havia 1.250 ataques por semana no momento de maior violência, hoje em dia não chegam a 100", afirmou.

O anúncio foi feito dois dias depois de um atentado suicida no noreste de Bagdá que causou 27 mortos e 50 feridos, em maioria curdos.

O general Perkins destacou que a redução da frequência dos "ataques de maior dimensão", de até 3,8 dias em média, era um sinal de progresso.

"Isso mostra que o inimigo está perturbado" com as operações de segurança, estimou.

Em 2007, 17.430 policiais, militares e civis iraquianos morreram vítimas da violência, contra 6.772 em 2008.

adm/vl/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG