Nuakchott descarta reconsiderar relações diplomáticas com Israel

Nuakchott, 10 mai (EFE) - O futuro das relações diplomáticas entre Mauritânia e Israel não fazem parte da agenda do Governo, disse hoje o novo primeiro-ministro mauritano, Yahya Ould Ahmed el-Waghef.

EFE |

"O presidente da República (Sidi Mohammed Ould Cheikh Abdallahi) tinha prometido submeter estas relações ao Parlamento, mas não estão na agenda de nosso Governo", disse Waghef, em declarações à imprensa em Nuakchott.

O novo Governo contará com a participação, anunciada hoje, dos islamitas, opostos à manutenção de relações diplomáticas entre Nuakchott e Tel Aviv.

A Mauritânia é, junto com o Egito e Jordânia, o único país árabe que mantém relações diplomáticas - e com embaixadas - com Israel.

A representação diplomática israelense em Nuakchott é um alvo declarado de terroristas islamitas mauritanos, que já a atacaram em 1º de fevereiro, sem causar vítimas entre o pessoal da delegação.

EFE mo/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG