Novos tremores voltam a abalar Abruzzo

Roma, 5 mai (EFE).- A terra voltou hoje a tremer na região italiana de Abruzzo, onde houve dois novos sismos, de 3 e 2,7 graus de magnitude na escala Richter, informou o Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia.

EFE |

O tremor mais forte ocorreu às 12h44 (7h44, Brasília) e o epicentro foi entre os povoados de Fagnano Alto, Fossa, Ocre, Poggio Picenze, Rocca di Cambio, Rocca di Mezzo, San Demetrio de Vestini, Sant'Eusanio Forconese e Villa Sant'Angelo, na província de L'Aquila.

O outro tremor aconteceu às 4h20 (23h20 de ontem), com epicentro entre as localidades de Fossa, L'Aquila, Lucoli, Ocre, Rocca di Cambio e Sant'Eusanio Forconese.

Amanhã, se completa um mês do terremoto de 5,8 graus da escala Richter que sacudiu o centro de Abruzzo em 6 de abril, deixando quase 300 mortos, cerca de dois mil feridos e a destruição de dezenas de milhares de casas.

L'Aquila, capital da região de Abruzzo, foi uma das cidades mais afetadas, assim como o povoado de Onna, praticamente destruído, no qual morreram 40 de seus 300 habitantes e que ficou como símbolo da tragédia.

Desde 6 de abril, foram registradas mais de 1.500 réplicas de diferentes magnitudes. EFE JL/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG