Novos casos de câncer custarão US$ 305 bilhões de dólares em 2009

O custo total em todo o mundo com novos casos de câncer em 2009 será de 305 bilhões de dólares, segundo um estudo apresentado nesta segunda-feira em um congresso internacional sobre a doença.

AFP |

O relatório elaborado pela The Economist Intelligence Unit, com o apoio da American Cancer Society, calcula que 12,9 milhões de novos casos de câncer terão sido registrados até o fim deste ano.

Também calculam que este número chegue a 16,8 milhões em 2020, e a 27 milhões em 2030.

"O câncer já progrediu para locais onde é incurável em 80% dos casos, nos países em desenvolvimento", de acordo com o estudo, que foi patrocinado pela Fundação Lance Armstrong (LAF).

O trabalho projeta um déficit de 217 bilhões de dólares este ano com custos de tratamento, e seus autores fazem um apelo a todos os países para que invistam mais em medidas de controle da doença, mesmo com a crise econômica global.

"Estes novos dados apontam que o câncer terá um crescimento grande se ações imediatas não foram tomadas", indicou Ala Alwan, subdiretor geral para doenças não transmissíveis e saúde mental da Organização Mundial da Saúde (OMS).

"O aumento do câncer dá origem a um fardo enorme para os sistemas de saúde em todo o mundo. Mas isto não é um desafio apenas para a área da saúde, pois prejudica o crescimento econômico e atua como um mecanismo de pobreza crônica para os países menos desenvolvidos", acrescentou.

"Precisamos olhar mais de perto soluções para resolver este déficit", destacou Alwan.

Doug Ulman, presidente da LAF, disse por sua vez que o estudo é um chamado à ação colaborativa, no sentido de "solucionar o déficit com gastos com tratamento e mudar a trajetória desta onda de câncer".

"Temos uma escolha - investir agora ou pagar depois com gastos significativos do governo e perda de vidas e produtividade", afirmou Ulman.

ab/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG