Novos atentados terroristas deixam 9 mortos na Rússia

Moscou, 31 mar (EFE).- Nove pessoas, entre elas sete policiais, morreram nesta quarta-feira na república russa do Daguestão em consequência da explosão de duas bombas acionadas por terroristas suicidas, informou o Ministério do Interior da república.

EFE |

Às 8h30 locais (1h30 em Brasília), um veículo estacionado a cerca de 300 metros de edifícios do Ministério do Interior e do Serviço Federal de Segurança e de um instituto de educação secundária explodiu enquanto passava de um carro da Polícia, segundo a agência "Interfax".

Cerca de 20 minutos mais tarde, quando os agentes já tinham chegado ao local, a segunda bomba explodiu, acionada por um terrorista suicida vestido de policial.

As outras duas vítimas são um membro do comitê de instrução da Promotoria e uma mulher.

Em janeiro, outros seis policiais morreram e 14 ficaram feridos em um atentado suicida em Mahatchkala, capital do Daguestão, um dos principais alvos da guerrilha islâmica no Cáucaso do Norte.

Os ataques acontecem dois dias depois que duas mulheres suicidas mataram 39 pessoas explodindo duas bombas no metrô de Moscou.

As forças de segurança afirmam que os dois atentados foram organizados por grupos terroristas do Cáucaso do Norte da Rússia.

    Leia tudo sobre: rússia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG