Novo vídeo da Al-Qaeda ameaça Alemanha antes das eleições

Um novo vídeo de um suposto membro alemão da Al-Qaeda surgiu na internet a dois dias das eleições legislativas de domingo, informa o centro de vigilância de sites extremistas IntelCenter, advertindo que existe uma ameaça elevada de atentado.

AFP |

A gravação de 39 minutos, em alemão e com palavras em árabe, não inclui nenhuma ameaça específica contra a Alemanha, mas é a terceira em oito dias do suposto terrorista Abu Talha Al Almania (o alemão).

Para o IntelCenter, "a ameaça de um ataque da Al-Qaeda ou de pessoas vinculadas a ela na Alemanha ou contra interesses alemães no exterior está em um nível elevado".

"A ameaça será elevada antes das eleições de 27 de setembro e continuará sendo depois", completa.

Uma fonte do ministério alemão do Interior afirmou que apesar do vídeo não conter nenhuma ameaça direta contra o país, existe no entanto uma "ameaça abstrata". As medidas de segurança foram reforçadas e as autoridades permanecem vigilantes, disse.

Em um vídeo de 18 de setembro, Abu Talha, um homem de 32 anos que segundo o serviço de inteligência alemão morou em Bonn (oeste), afirmou que os alemães teriam um "despertar doloroso" após as eleições, no caso de uma vitória da atual chanceler, Angela Merkel.

Também exigiu a retirada da Alemanha de seus 4.200 militares do Afeganistão, afirmando que em caso contrário a Al-Qaeda atacaria a Alemanha.

og-ak/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG